[Resenha] Halo, de Alexandra Adornetto


Ah, Halo foi um livro bom. Fofo, bonito, com uma história sobre anjos em que os papéis se invertem. Ok, mais ou menos. Bethany - ou Beth - e seus dois irmãos descem à Terra, tentando espalhar o bem e fazer o que os anjos fazem. Só que Beth acaba se apaixonando por Xavier gato, que também se apaixona por ela. Ela sabe que é errado, mas não consegue ficar longe de Xavier. Essa parte ("OMG, eu vou morrer se ficar longe dele menos que 24 horas!") irrita, porque, olha, eu adoro o Xavier, mas só ficar ouvindo nele não dá, né? rs. 

Mas então, quando os dois estão muito apaixonados, ela conta pra ele sobre ela ser um anjo, estar numa missão... E os irmãos dela descobrem. Gabriel fica p. da vida, e vai falar do lance com a Aliança (acho que é como um parlamento, que julga), e fica decidido que, agora que a Beth já fudeu contou tudo, o melhor é que Xavier saiba de todos os detalhes. Que demais. Então, conversa vai, conversa vem... Chega um novo garoto na escola: Jake. Ele é bonito, charmoso sem chegar aos pés de Xavier, e está de olho em Beth. Sem contar que, quando ele está por perto, coisas ruins acontecem. Coisas bem ruins (spoiler - só leia se você já leu o livro: ainda estou chocada que ele tenha matado a Taylah, e vocês?!). 

Então, ele faz um trama mega inteligente, dando um jeito de que ele vá com Beth ao baile clichê do último ano - não vou contar como porque acaba com a graça! E, por causa dele, Beth e Xavier brigam. Os dois quase morrem de saudade, blah blah blah. Quando voltam, começam a desconfiar ainda mais de Jake. E é quando uma das melhores partes do livro começa! Mesmo assim, ele não é entediante, é um livro gostoso de ler. ;)

Pontos Positivos:
A história é bem criativa e divertida, pois, sendo a primeira vez de Beth na Terra, ela não sabe nada sobre as expressões e culturas dos humanos. É uma história bem conduzida, que não tem (para mim) momentos realmente tediosos.

Pontos Negativos:
A paixonite de Xavier e Beth às vezes é exagerada. Sem contar que eu achei meio suspeito que a Aliança simplesmente concordou. Mas nunca se sabe, às vezes Gabriel fez um acordo... Ou coisa assim! ;P

Personagens Favoritos:
Nesse livro, tive muitos personagens que eu realmente gostava... Como:
Bethany (ou Beth): ela é meiga, fofa e inocente. Ao mesmo tempo, tem uma bondade e paciência incríveis. É o tipo de garota que adoraria ter como BFF.
Xavier: ele é lindo, mas não é só isso. Ele realmente se importa com Beth, faz de tudo para que ela esteja segura. É honesto, e não força Beth a fazer coisas que ela não quer. E toda vez que ele dava aquele meio sorriso, eu me derretia toda! *-*'
Gabriel & Ivy: dois anjos superiores. Pus os dois juntos, pois fica mais fácil. Gabriel é bonito, charmoso, e sem sentimentos - bem, tirando quando se trata de sua família. É um irmão realmente preocupado com o bem-estar e cozinha bem. Já Ivy é boa, gentil, e tem o poder de cura. Ela é simplesmente... perfeita. Os dois juntos, são ma-ra-vi-lho-sos.

Melhor Parte:
"Os humanos são muitos preocupados com o amor. Todos estão sempre desesperados para formar um vínculo com uma pessoa a quem possam se referir como sua 'alma gêmea'. De acordo com o que lia na literatura, parecia-me que estar apaixonado significava ser o mundo inteiro da pessoa amada. O resto do universo era insignificante comparado aos amantes. Quando estavam separados, cada um entrava num estado melancólico, e apenas quando se reuniam seus corações tornavam a bater. Só estando juntos poderiam realmente ver as cores do mundo. Uma vez separados, aquela cor sumia, deixando tudo cinzento e nebuloso. (...) Mas eu achava espantoso como os humanos podiam permitir que outra pessoa se apoderasse de seu coração e sua mente. Era irônico como o amor podia despertá-los para os milagres do Universo e, ao mesmo tempo, fazer com que toda a sua atenção se voltasse de um para o outro."
(pág. 20 e 21)

Leia também as páginas 22, 136, 145, 203 e 267 (são as minhas outras partes favoritas)

Classificação:
Capa: 5 estrelas
História: 4 estrelas
Narrativa: 5 estrelas
Média: 4.6 Estrelas

Conclusão:
É um ótimo livro, digno de uma lida. Mas, antes de comprar, preste bem atenção: se você não gostar (nem que seja "um pouco") de romance, você não vai gostar desse livro. Tá certo, há cenas de ação. Mas a maior parte do tempo fala sobre o amor de Beth e Xavier (não que seja ruim, eu gostei muito também *-*'). Então pense nisso antes de comprar. Ah, e o livro é mais ou menos grande, mas fácil de ler. Li as primeiras 200 páginas em um dia... Depois voltaram as aulas e diminui o ritmo :( Mas indico sim! Bastante!

Conhecendo A Autora:
Ah, mas que fofo! *-*
Alexandra Adornetto tinha apenas 14 anos (minha idade!) quando publicou seu primeiro livro, The Shadow Thief, primeiro de uma trilogia que conta ainda com The Lampo Circus e Von Gobstopper's Arcade. Filha de professores de inglês, admite ser uma leitora compulsiva e não ter mais espaço em suas prateleiras. Halo é apenas o começo de uma série muito promissora (ah, mais uma série... D:)

Autor: Alexandra Adornetto
Editora: Agir / Ediouro
Ano: 2010 (Brasil) / 2010 (EUA)
Págs: 472
Título Original: Halo
Coleção: Halo, #1

4 comentários:

  1. Ah Meu Deus! Eu quero esse livro, farei tudo para conseguir...
    beijos!

    ResponderExcluir
  2. Ahhh sério que a maior parte é romance??? *--*
    Eu AMO romance, o que significa que vou adorar o livro *----*

    Bjoos'
    Lee Iauch - ϟ●•Giяl's•●ϟ

    ResponderExcluir
  3. Eu compreiiii o livro, estou lendo e a sua parte favorita (20 e 21) eh muito boa mesmo, tbm gosteiiii!!!

    =* A capa eh muito linda mesmo... *-*

    ResponderExcluir

Comente aqui o que achou da postagem. Não seja tímido, pode falar o que vier a cabeça (desde que não seja coisas, você sabe, idiotas, racistas, etc).
Aproveite.