[Resenha] Dream a little dream, de Giovanna Fletcher


Quando eu consegui esse livro no NetGalley, eu fiquei super animada, porque a Giovanna é uma dessas novas autoras que eu tinha muita curiosidade em ler os livros, principalmente porque eles sempre tinham uma chamada muito legal.

Dream a little dream conta a história de Sarah, uma moça no final da juventude, que apesar de ser inteligente e capacitada, está extremamente acomodada com a vida sem graça e sem grandes perspectivas que vive, num trabalho medíocre, sem se recuperar direito de um relacionamento que acabou há tempos com seu ex, mas ao menos com bons amigos para ajudá-la.

Sarah é uma personagem conflitante, o que reflete como muitas pessoas nessa fase da vida se sentem. Ela sabe do que gosta, mas ainda assim tem um receio gigante de agir e uma bagagem bem complicada de se lidar, o que me fez ficar irritada com ela diversas vezes ao decorrer da história, porque há sim algumas atitudes bem questionáveis e infantis suas, além da narração se tornar uma coisa meio grudenta depois de um tempo.

Sua vida muda quando duas coisas acontecem: ela começa a ter sonhos românticos com um antigo conhecido da faculdade, Brett, e acaba descobrindo que a versão real dele começa a trabalhar no mesmo escritório que ela. Brett é um cara saído de uma boa comédia romântica: bonito, fofo e simpático, é alguém fácil de se gostar e seu relacionamento com Sarah vai se transformando aos poucos em algo bem fofinho.

Um dos pontos positivos, decorridos dessas mudanças na vida da Sarah, é que a própria personagem avança um pouco e sai do lugar-comum em que ficou presa tanto tempo. Não só na questão profissional ou amorosa, mas ela finalmente consegue resolver alguns conflitos guardados dentro de si que só a desgastavam, como o relacionamento passivo-agressivo com o ex, Dan, que está prestes a se casar com uma garota aparentemente sem defeitos, na visão de Sarah.

O grupo de amigos de Sarah são um escape dos momentos mais chatinhos dos livros, talvez por representarem o que todos nós queremos em nossas vidas: bons amigos, que nos conhecem muito bem, e que são ainda por cima engraçados e simpáticos. É interessante ver a dinâmica do grupo, e apesar de eu desejar um pouco mais de destaque em certos personagens, posso garantir que é um dos pontos bons do livro.

Dream a little dream possui um inglês intermediário, principalmente por conta das gírias britânicas com as quais eu não estava nem um pouco acostumada, mas com diálogos fáceis. É um bom livro para ler nas férias, sem compromisso. Se você curte livros fofinhos, é uma ótima pedida.

3 sonhos com o Brett

Autor(a): Giovanna Fletcher
Editora: Penguin
Ano: 2015
Páginas: 426
Nome original: -
Coleção: -

0 viajantes:

Postar um comentário

Comente aqui o que achou da postagem. Não seja tímido, pode falar o que vier a cabeça (desde que não seja coisas, você sabe, idiotas, racistas, etc).
Aproveite.