[Resenha] O Herói Perdido, de Rick Riordan


Eu sou muito, muito, muito fã do trabalho do Rick Riordan em Percy Jackson, que sem dúvidas já foi minha série de livros favorita, principalmente no começo da minha adolescência. Portanto, ler esse spin off da saga foi uma decisão mais que natural para mim, ainda mais porque O herói perdido prometia muitos bons momentos e eu, claro, já estava com saudades de alguns personagens.

A história do primeiro livro da série Os heróis do Olimpo é intimamente ligada com a profecia que conhecemos no final do último livro de Percy Jackson, por isso acho que é um tanto necessário ler essa série primeiro, principalmente porque dá um gostinho de familiaridade e os bons e amados easter eggs, toda vez que o Rick comentava algum acontecimento dos livros anteriores. No entanto, essa nova história apresenta, logo de cara, três personagens desconhecidos: Jason, Piper e Leo, todos semideuses, mas por algum motivo totalmente louco e desconhecido, a história começa no momento em que Jason perde toda a sua memória sobre os meses em que virou amigo de Leo e Piper e, para piorar as coisas, é nesse mesmo dia que eles descobrem que seus pais não são exatamente normais.

Logo eles são levados para o nosso querido acampamento Meio-Sangue, onde aprendem sobre suas origens e as do próprio acampamento que, aliás, está com um integrante faltando: o famoso Percy Jackson. Como todo livro de Rick - e eu admito sim que há coisas em comum com seus livros, mas, assim como Meg Cabot dominou a arte de escrever super bem romances açucarados mas nem por isso melosos, Riordan sabe criar uma boa aventura. - há logo uma missão que os três são invocados a ir, mesmo que estejam tão perdidos quanto uma agulha no palheiro.

Uma coisa diferente dessa série é a narrativa, que para quem não lembra, é uma dos pontos mais fortes em Percy Jackson. Por mais que eu curta a 3ª pessoa usada e, principalmente, a variação das narrativas entre Jason, Leo e Piper (sendo Leo meu claro favorito), ainda senti falta daquele bom humor que somente a narrativa em primeira pessoa de Percy conseguia entregar. Mesmo que assim a narrativa seja menos fluente, por assim dizer, ela não peca.

Quanto aos personagens, graças ao Tumblr eu achava que já sabia uma coisa ou duas sobre eles ou, pelo menos, seus nomes. Jason é o típico anti-herói, extremamente parecido com Percy em várias características, mas que por algum motivo, não causou tanta empatia em mim. Ele é um bom garoto, sempre tentando salvar o mundo, mas o achei um tanto amargo também. Piper, a menina com quem, obviamente, está envolvido, é uma grata surpresa. Eu esperava que ela fosse meio chata e possessiva, além de dependente dos amigos - o oposto de Annabeth, por assim dizer - mas tenho que admitir que essa semideusa me surpreendeu, principalmente por ser bem mais forte do que eu imaginava.

No entanto, o destaque do livro, em termos de personagem, para mim foi claramente o Leo. Talvez por causa de sua vibe meio underdog (outra característica presente nos personagens de Rick), talvez por ele ter aquele humor divertido que eu amo tanto, ou simplesmente por causa do seu jeito, ele é de longe um dos meus novos personagens queridos.

Já vi algumas pessoas comentando que essa série não consegue ser tão boa quanto Percy Jackson e, de fato, é impossível não compará-las e, justamente por isso, Heróis... perde um pouco de seu brilho. Eu adoro a temática de ambas as séries, por isso para mim foi uma experiência muito legal, de qualquer forma. Ainda que haja certas familiaridades nas histórias, a criatividade de Rick (e sua pesquisa sobre deuses, romanos e gregos) ainda está muito bem, obrigada. Além disso, o final não decepciona e, pelo contrário, me deixou louca para devorar o resto da saga.


Autor(a): Rick Riordan
Editora: Intrínseca
Ano: 2011
Páginas: 440
Nome original: The Lost Hero
Coleção: Os Heróis do Olimpo, #1

0 viajantes:

Postar um comentário

Comente aqui o que achou da postagem. Não seja tímido, pode falar o que vier a cabeça (desde que não seja coisas, você sabe, idiotas, racistas, etc).
Aproveite.