[Resenha] Encontrando-me, de Cora Carmack


Após duas boas experiências com a Cora Carmack, que se mantém o nome do new adult, pelo menos para mim, eu estava animada para a finalização da companion novel. Nós conhecemos a história narrada por Kelsey, uma grande amiga de Bliss, apesar das personalidades contrastantes, que depois de terminar a faculdade resolve passar um tempo viajando pela Europa e tendo os melhores momentos da sua vida. Incrível, né? Bem, é isso que Kelsey quer que todos pensem, mas na realidade a protagonista é bem, bem mais complexa que isso.

Criada por uma família problemática e com valores morais bem invertidos, Kelsey desde pequena quis se diferenciar ao máximo, seja pela personalidade festeira que esconde um coração machucado, ou usando do álcool e do sexo para se distrair. No entanto, é aí que entra um personagem fundamental, que faz Kelsey questionar até quando continuará se iludindo: Hunt. Um cara sério, misterioso e com um segredo bem guardado, Hunt é um perfeito exemplar de um new adult, conquistando aos poucos Kelsey e fazendo-a perceber que sua vida não precisa ser apenas uma perda de tempo. É interessante a maneira como Kelsey vai desconstruindo suas barreiras quando está com Hunt, mesmo que não seja meu desenvolvimento favorito. Apesar de me irritar algumas vezes com sua repetição e suas dúvidas constantes, Kelsey causa empatia sim. É fácil se sentir perdida na situação dela, e é fácil querer que ela se sinta bem de verdade.

Além disso, um destaque desse livro fica por conta do contexto: a viagem por lugares maravilhosos. Conhecer pela escrita de Carmack paraísos como cidades pequenas da Itália, locais desconhecidos do leste europeu ou um típico restaurante alemão é de deixar qualquer amante de viagens, como eu, sedento por passeios assim. É um ponto super positivo pro livro, e deixou partes que poderiam ser sem graças, charmosas. Outra coisa legal é a resolução do enredo, que me deixou bem feliz e surpresa. Claro, eu adoraria rever Bliss (Perdendo-me) e Cade (Fingindo), de fato, mas mesmo assim, a conclusão da história de Kelsey foi boa. Senti falta de um maior destaque para seus problemas familiares, mas não deixa de ser um bom new adult para se aventurar.

3 viagens para lugares europeus exóticos

Autor(a): Cora Carmack
Editora: Novo Conceito
Ano: 2015
Páginas: 290
Nome original: Finding It
Coleção: Losing It, #3

0 viajantes:

Postar um comentário

Comente aqui o que achou da postagem. Não seja tímido, pode falar o que vier a cabeça (desde que não seja coisas, você sabe, idiotas, racistas, etc).
Aproveite.