[Resenha] Como treinar seu dragão, de Cressida Cowell


Fofo, legal, divertido e até mesmo reflexivo. Isso é “Como treinar seu dragão”, o primeiro livro de uma série que tem todo o jeito incrível e divertido de Cressida Cowell.

Primeiro de tudo, como vocês sabem, eu vi o filme antes de ler o livro - e isso não é uma coisa que eu faça normalmente, porque você corre o risco de ser chamada de poser e outras coisas mais. Anyway, eu achava que conhecia o livro. Achava que sabia o que esperar. Tolo engano. As histórias são completamente diferentes, mas ambas são boas (tanto que eu continuo amaaaando o filme).

O livro começa com Soluço e outros “alunos”, por assim dizer, se preparando para a primeira tarefa que todos os homens da tribo de Berk tem que passar: capturar um filhote de dragão. Tudo ia bem ou tão bem quanto se pode querer, né até que Perna-de-peixe (sério, peixe tem perna? rs) resolve bancar o machão e acaba acordando os, sei lá, 20.000 dragões adormecidos. Ótimo começo, han?, você pensa. E, claro, Soluço - o filho único do líder da tribo - é considerado culpado.

E, mesmo com toda aquela confusão, ele acaba arranjando um dragão - Banguela - , minúsculo, sem dentes e desobediente e que me conquistou, ahan!. Tentando ensiná-lo, Soluço acaba aprendendo dragonês, a língua dos dragões; isso, na verdade, é muito útil, pois então sabemos o que os outros dragões falam também. Após muitas conversas, chantagens, altos preços, finalmente chega o dia da apresentação dos jovens e seus dragões. Mas um dos dragões tem um “chilique” e todos os alunos são EXILADOS. Mas, opa, probleminha: será que o líder conseguiria expulsar o próprio filho? E, como se não bastasse, dois dragões enormes aparecem na praia. E o que farão agora? E Soluço, conseguirá se tornar herói? Bem, isso fica por conta de vocês! ;)

O livro é super divertido, cheio de desenhos engraçados e diálogos divertidos. Mesmo que você tenha, sei lá, 30 anos, “Como treinar seu dragão” fará muito bem a você. Ou, pelo menos, você vai dar boas gargalhadas! =)

Pontos Positivos:
Cressida Cowell possue o poder e a graça de desenhar coisas magníficas, além de toda a história ser simplesmente... uma graça *.* (e, claro, temos BANGUELA! o//)

Pontos Negativos:
Ainda não sei... Talvez o tamanho da série, que, pelo que vi, é bastante grandinha. o.o'

Personagens Favoritos:
Banguela: Banguela rocks! Espevitado, metido, lindo e fofinho! É um dos meus personagens “animais” favoritos! *.*
Soluço: ohh, o Soluço é tão atrapalhado e engraçado que não dava pra ele não virar um dos meus PF, né? S2 ;P

Classificação:
Capa: 10,0
História: 9,5
Narrativa: 9,5
Personagens: 9,5
Final: 9,5
Nota Geral: 9,8

Playlist:
Não sei ao certo, mas qualquer música feliz e atrapalhada rola! ;)

Conhecendo A Autora:

Desculpa, não deu pra evitar. Banguela forever!   
Cressida Cowell foi criada entre Londres e uma ilha pequena e pouco habitada a oeste da Escócia. Sempre teve certeza de que ali viviam dragões, e por cona disso ficou encantada com a oportunidade de traduzir as memórias do maior Herói Viking de todos os tempos. Cressida adoraria ter um dragão de estimação (é, eu também!).

Melhores Partes:
São várias, se não quiser ler, pule! =)
1: “- Soluço será o líder, embora ele seja, eu admito, completamente inútil, porque o garoto é o filho do CHEFE, e é assim que funciona entre nós, vikings. Onde vocês pensam que estão? Na REPÚBLICA ROMANA?”
(pág 12 e 13)
2: “O único sinal de vida por muitos quilômetros era o rápido estremecer de duas pálpebras do dragão, abrindo e fechando como se, de repente, a criatura tivesse passado a um sono mais leve e estivesse sonhando sabe-se lá que sonhos terríveis.”
(pág  76)
3: “Banguela encostou sua testa na de Soluço e o fitou, sério. Ambos ficaram ali, focinho e nariz colados, sem se mexer, por quase sessenta segundos. Soluço piscou muito, porque o olhar de um dragão hipnotiza e transmite a sensação irritante de que o animal está sugando sua alma.
Bem quando Soluço pensava ‘Uau! Isso é maravilhoso! Estamos mesmo fazendo contato!’, Banguela abaixou-se e mordeu seu braço.”
(pág 79)
4: “- Soluço? – disse Stoico, o Imenso.
- É, Soluço – disse Velho Enrugado. – O garoto pequeno, de cabelo vermelho, sardas, o mesmo que você queria mandar para o exílio hoje de manhã. – Velho Enrugado ficou sério. – Para que o sangue das Tribos não enfraquecesse, lembra? Seu filho, Soluço.”

(pág 150)
5: “- Bem, meu filho – disse Stoico. – A besta veio em PAZ ou deseja GUERRA?
- Ele disse que veio em paz – afirmou Soluço.
Todos aclamaram e bateram os pés. Soluço ergueu a mão, pedindo silêncio.
- Mas assim mesmo ele vai nos matar.”
(pág 162)

Autor(a): Cressida Cowell
Editora: Intrínseca
Ano: 2003 (EUA) / 2010 (Brasil)
Págs: 222
Título Original: How To Train Your Dragon
Coleção: Como Treinar Seu Dragão, #1

8 comentários:

  1. Oi Isa ^^

    Nhá, eu vou AGORA terminar de ler Strange Angels para poder ler "Como Treinar Seu Dragão"! A-GO-RA. Muito boa sua Resenha =)

    Bjoos'
    Lee Iauch - ϟ●•Giяl's•●ϟ

    ResponderExcluir
  2. OI, adorei essa resenha! Estou dooooooooooida para ler logo o livro.

    ResponderExcluir
  3. Ah, gostei da história... acho que animo de ver o filme. Me pareceu meio infantil, sei láa... Mas vc conseguiu me convencer.
    Te indiquei pra ganhar um selo do dia do leitor: http://fikdik.com/3wz

    Beijos!

    ResponderExcluir
  4. Ola, vi que vc se tornou seguidora do meu e vim retribuir! Adorei seu blog. Topa parceria?

    ResponderExcluir
  5. Owwwn .. sou apaixonada pelo filme "Como treinar o seu dragão" sempre que eu assisto eu choro HUSHSUHSU' é realmente MUIITO lindo ! '.'
    Quero desesperadamente ler o livro, deve ser ótimo ! ehe'
    Beijos
    Carol {SobreUMLivro}

    ResponderExcluir
  6. Obrigada pelo retorno. Já coloquei seu selo no meu blog, ok!

    ResponderExcluir
  7. Heey Isa! Acho essas capas suuper lindas *-* mas sempre pensei que a história fosse bobinha, daquelas pra boi dormir, sabe? Bom, pelo visto me enganei :P Vão entrar na minha (enorme) lista de tenho que ler =D
    Ótima resenha!
    Beijocas!

    ResponderExcluir
  8. que legal!! está na minha lista e não vejo a hora de lê-lo!

    ResponderExcluir

Comente aqui o que achou da postagem. Não seja tímido, pode falar o que vier a cabeça (desde que não seja coisas, você sabe, idiotas, racistas, etc).
Aproveite.