[Resenha] Luar Peregrino #9 - A Hora É Agora, de Wilson Frungilo Jr.


Esse é o meu livro favorito e, coincidentemente, a capa favorita. Finalmente, acontece alguns acontecimentos que realmente me fizeram querer mais e mais. E a parte de Luar com Rufus, bem, é uma parte bem tocante, e é a mais legal do livro inteiro.

Luar, ainda fugindo, consegue um emprego: ser babá de um senhor doente, seu Ricardo, que também é espírita. Seus amigos continuam o procurando e, infelizmente, seus inimigos também. Mirtes - sua irmã - acaba confessando a sua suspeita a Paulo, e, em seguida, foge da casa e vai para a casa de seus pais.

E quanto a Soares... realmente esperava que ele fosse diferente, mais honesto, melhor. Como já terminei de ler o décimo volume, eu fiquei meio chateada com o final dele, mas, enfim, foi uma boa escolha (em alguns sentidos).

E Luar continua se desprendendo durante o sono, fazendo várias coisas e conhecendo vários espíritos - que eu não vou contar detalhes propositalmente, já que são bem legais de irem se descobrindo sozinha. O final não é exatamente "intrigante", mas faz querer ler o próximo.

Classificação:
Capa: 10,0
História: 9,5
Narrativa: 8,5
Nota geral: 9,5


Autor: Wilson Frungilo Junior
Editora: Instituto De Difusão Espírita
Ano: 2001 (Brasil)
Págs: 127
Título Original: -
Coleção: Luar Peregrino, #9


0 viajantes:

Postar um comentário

Comente aqui o que achou da postagem. Não seja tímido, pode falar o que vier a cabeça (desde que não seja coisas, você sabe, idiotas, racistas, etc).
Aproveite.