Top Ten Tuesday: 10 livros favoritos que eu li nos últimos três anos


Vocês já pararam pra pensar em todos os livros que leram nos últimos anos, as surpresas e as decepções, os protagonistas incríveis e as reviravoltas? Pondo tudo isso no papel, eu tinha difícil missão de escolher os 10 livros favoritos que li nesses últimos três anos. Será que tenho algum em comum com vocês? (Não há uma ordem de preferência e sim por ano)

2012:

1) Orgulho e Preconceito, de Jane Austen: esse é um daqueles clássicos quase que obrigatórios para ler, afinal, todo mundo já conhece um pouco dessa história, né? Adorei a experiência de ler alguma coisa da Jane Austen (e inclusive já vi váááárias adaptações cinematográficas) e a ironia com que ela descreve essas situações excêntricas.

2) Garotas de Vidro, de Laurie Halse-Anderson: um livro que mexeu comigo muito, muito, muito mais do que eu achava possível, com uma escrita incrível, delicada e real sobre um assunto muito complexo. Sério, Laurie ganhou meu coração de leitora com essa.

3) A Culpa é das Estrelas, de John Green: todo mundo conhece esse livro, mas mesmo assim quis colocá-lo nesta lista porque ele realmente significa muito para mim, seja pelos personagens incríveis ou pela escrita maravilhosa do John, esse sem dúvidas é um livro que eu quero comigo por muito tempo.

2013:

4) Um Lugar para Ficar, de Deb Caletti: esse livro não recebeu cinco estrelas, não é extremamente conhecido nem nada, mas toda vez que eu lembro dele, eu tenho um carinho especial, por conta da maneira como  a Deb conta a história.

5) Lola e o Garota da Casa ao Lado, de Stephanie Perkins: ai, gente, tá aí um livro delicioso! Super divertido e engraçadinho, é uma daquelas leituras que você faz e fica super feliz depois. Stephanie é um amor com as palavras.

6) O Teorema Katherine, de John Green: novamente o João nessa lista, né? Mas O teorema é bem diferente do livro anterior, acho que ele tem uma leveza e um bom humor muito deliciosos, além de uma narrativa fora de série - sei que muita gente não curtiu tanto assim, mas é o meu segundo livro favorito do autor.

2014:

7) Deixe a neve cair, de vários autores: eu gosto de livros de contos, mas esse aqui, em especial, é um queridinho meu. A temática meio natalina e com muita neve deixou tudo mais encantador e foi aí que conheci novos autores (e me reapaixonei por outros) super fofos.

8) O Começo de tudo, de  Robyn Schneider: ai, falando em novas autoras, Robyn é certamente um dos destaques de 2014! Adorei tanto esse livro, com uma narrativa linda, personagens super interessantes, daqueles que você não consegue ficar sem ler até acabar, sabe?

9) The Statistical Probability of Love at First Sight, de Jennifer E. Smith: o que falar da Jennifer, que eu conheço pouco e já amo pacas? Pois é, ... First Sight é um livro adorável, incrível, que te faz chorar, suspirar e rir, tudo ao mesmo tempo, para você acabar a leitura com uma dor de saudade e felicidade.

10) Desafio, de C. J. RedWine: eu não quis pôr séries (ou volumes de séries) aqui por alguns motivos: acho muito difícil de indicar um livro perdido assim para alguém, principalmente porque às vezes você gosta muito de um livro e no seguinte, a autora destrói totalmente suas expectativas. Por essas e tantas, Desafio é o único da lista e só pus aqui porque, dos livros de 2014, ele realmente se destacou pela sua premissa.

E vocês? Que livros mais amaram nesses últimos anos?

Acompanhe o blog nas redes sociais!

2 comentários:

  1. Gostei da lista. Garotas de Vidro foi um livro que me agradou muito, confesso que antes de ler até tinha minhas dúvidas sobre se iria mesmo gostar; no fim, o tom cruel da autora me fisgou. =) Orgulho e Preconceito está na minha wishlist há uma eternidade, aliás qualquer livro da Jane Austen está - preciso ler algo da autora!

    Beijos, Livro Lab

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aline, esses dois livros são ó, muito amor mesmo! quero ler mais coisas da Jane Austen, mas acho super válido vc começar logo a ler o maior clássico dela :)
      bjs
      Isa

      Excluir

Comente aqui o que achou da postagem. Não seja tímido, pode falar o que vier a cabeça (desde que não seja coisas, você sabe, idiotas, racistas, etc).
Aproveite.