[Resenha] Likely Story (#1-#3), de David van Etten


Para quem não sabe, Likely Story é uma trilogia de livros, sendo que o primeiro é Likely Story, o segundo All that glitters e o último Red Carpet Riot. A edição que eu tenho são os três livros juntos (tipo assim) e olha, eu recomendo para quem quiser ler esses livros fazer justamente isso, porque são todos livros bem curtinhos, umas 200 páginas cada, e com finais inesperados e doidos. Vou dividir minha resenha, portanto, em três pedaços:

#1 Likely Story
O primeiro da série, onde somos apresentados aos principais personagens: Mallory, a filha de uma famosa atriz de novela e que não faz ideia de quem o pai é. Além dela, temos sua melhor amiga, Amelia, seu namorado, Keith. Após uma briga feia com sua mãe sobre as novelas e seus diálogos, que Mallory considera ridículos, ela acaba desabafando num post qualquer de seu blog que faria uma novela muito melhor. Um milagre acontece e o agente da sua mãe, interessado, pede para ela escrever mais sobre essa tal novela que ela fez. Óbvio que por ter esse fundo de novela, há muitas coisas em Likely Story que não são muito prováveis de acontecer, sendo essa uma delas. Contudo, os personagens da história realmente tornam as coisas melhores. Mallory é uma menina talentosa, teimosa e que, apesar de às vezes fazer besteiras, é alguém que sempre tem algo engraçado a dizer e sua narrativa é deliciosa. Seu namorado, Keith, apesar de fofo, não me conquistou totalmente, e Amelia, sua melhor amiga... Gente, o que falar dessa menina que conheço bem e odiei pacas? Na realidade, de amiga de Mallory ela não tem nada. Esse primeiro livro é bem introdutório e até meio lento, pois mostra os vários passos de Mallory até ter o piloto de sua novela aprovado, a escolha do elenco e etc.. Não há nada inovador ou surpreendente, mas achei bem engraçadinho e divertido, ótimo para ler nas férias, o que foi exatamente minha escolha.
A few days later, there was a big headline in Daily Variety:
SOAP OPERA PRINCESS GETS HER KINGDOM.
I didn't particularly like being called a princess. But I loved the idea of having a kingdom. (pág. 35)
#2 All That Glitters
A continuação já começa bem embalada, com Mallory no centro de uma confusão gigantesca que é gravar o primeiro episódio de sua novela (que apesar desse nome, tem muito estilo de série, sabe? hahaha) É aí que novos personagens ganham mais destaque, como Dallas, o protagonista da novela que é simplesmente maravilhoso e por quem eu me apaixonei - não nego. Além dele, temos Francesca, uma menina que me surpreendeu muito e por quem eu acabei me apegando e Alexis, uma menina que tem uma super cara de boazinha, mas sabe manipular as pessoas como ninguém. Nesse livro a mãe de Mallory também ganha mais destaque, por ter conseguido um papel na novela da filha, sem ela mesma saber. Os conflitos entre as duas são extremamente constantes e chega uma hora que eu simplesmente sabia que as duas estavam erradas, sendo exageradas e egoístas. O triângulo amoroso Dalllas-Malory-Keith é uma parte legal da história, mesmo que eu seja completamente #TeamDallas, é fácil ver por que Mallory fica dividida. Uma característica desse livro é a quantidade de confusão e problemas que aparecem, muito maior que no primeiro. Confesso que o David me surpreendeu algumas vezes com o rumo da história e em certos momentos, eu ficava muito "E agora?", hahaha
"You did it," Greg said.
And I thought, yes, I had done it.
With a little help from my friends. (pág. 422)

#3 Red Carpet Riot
O meu favorito dos três eu quase tenho certeza que é este. Após os diversos problemas enfrentados para gravar e pôr no ar o piloto, Mallory finalmente pode ter alguma calma na sua vida - ou não, porque alguém resolveu começar a vazar informações sobre sua vida pessoal na internet, o que causa muitos conflitos entre ela e Keith, cuja relação a gente já sente uma estremecida desde o livro anterior. Sim, eles são um casal bonito, mas sabe quando você sabe que não vai dar certo porque estão em lugares muito diferentes? Pois é, é assim que eu me sentia com esse casal. No entanto, o ponto forte mesmo desse livro é que é justamente na época dos DayTime Emmys, a premiação mais importante para o pessoal das novelas (e que existe mesmo, gente. Eu pesquisei). Todo esse clima é super legal, deixando todo mundo muito ansioso e com os nervos à flor da pele, porque eu não fazia ideia do que ia acontecer no dia da premiação. E, posso dizer? As últimas páginas, centradas justamente nesse dia, são as mais legais e divertidas de todo o livro. Muitas cenas importantes são desenroladas, confusões acontecem, problemas são resolvidos e finalmente temos o fim dessa saga linda e improvável mas divertida (e com toques de novela) que é essa trilogia.
"What does that have to do with anything? A lot of kids don't think twice about throwing around the L-word."
"And doesn't that drive you crazy? Don't you ever wonder how anybody in high school can know what that word means? That none of them stop to think that using it so gratuitously at the age of sixteen might water it down for their whole lives to come? Did you ever say you loved someone when you were in high school?" (pág. 484)
FINALIZANDO, sim, há alguns pontos negativos como o fato de não ter muito aprofundamento em certos aspectos e a falta de realidade em outros - Mallory mal para na escola, por exemplo, e quando para é para a Educação Física que ela vai (e mesmo assim tira boas notas. Vai entender Los Angeles). Além disso, eu tinha muita vontade de saber quem era o pai dela, o que só é deixado em aberto nos três livros, onde temos pouquíssimas pistas. Mesmo assim, funciona muito bem como uma leitura descompromissada e divertida, diversas vezes eu me peguei rindo e meio que "conversando" com os personagens, porque é bem assim o clima da história, leve. Recomendo para quem curte uma leitura animada e quer se arriscar no inglês!

P.S.: Vamos parar tudo por um momento para eu falar uma coisa: eu estava no meio do segundo livro dessa série quando descobri que "David van Etten" é nada menos, nada mais... que um pseudônimo (ou quase isso) do DAVID LEVITHAN!!! Gente!!! Como eu demorei tanto tempo para descobrir isso?! Enfim, recado dado para todo mundo que é fã desse autor.


Autor(a): David van Etten
Editora: Random House
Ano: 2008
Páginas: 688
Nome original: -
Coleção: Likely Story #1, #2 e #3

0 viajantes:

Postar um comentário

Comente aqui o que achou da postagem. Não seja tímido, pode falar o que vier a cabeça (desde que não seja coisas, você sabe, idiotas, racistas, etc).
Aproveite.