[Resenha] Para Onde Ela Foi, de Gayle Forman


Eu estava bem ansiosa para ler esse livro, porque, por mais que eu tenha gostado do final de Se Eu Ficar, eu também fiquei muito curiosa para saber como a vida dos dois principais personagens do livro anterior teria mudado. Nesse ponto, Para onde ela foi é exatamente uma bela visão da vida de Adam, três anos depois do acidente de carro de Mia, três anos depois de ela ir embora para Nova York e nunca mais voltar para ele.

Enquanto ela estudava em Julliard, ele e sua banda, Shooting Star, decolam para o estrelato, ficam famosos, ganham prêmios e, aparentemente, ambos seguem a própria vida, mesmo que com um buraco no coração. A narrativa aqui é diferente, sendo Adam o responsável pela condução da história. Eu gostei disso bastante, pois nos permitiu como nenhum outra narrativa entrar no mundo dele de fama, festa e problemas. É impossível não pensar nas bandas de sucesso atuais e se perguntar: será que elas se sentem acuadas e perdidas como Adam? Porque uma coisa é inegável: Adam costumava amar fazer música, cantá-la, mas isso é um desejo que apagou faz tempo. Mas mais do que isso, eu várias vezes me ficava pondo no lugar dele e é fácil entender como alguém normal tem dificuldades em lidar com a fama extrema, principalmente quando não tem uma base por trás.

O reencontro dele com Mia acontece de uma maneira completamente aleatória e espontânea, mas é a fagulha para a mudança de vida de ambos, que apesar de terem mudado tanto nos últimos anos, ainda sentem algo muito forte um pelo outro. É muito legal ver por onde e o que fizeram nesse intervalo de tempo e os passeios que eles fazem pela cidade de Nova York me deixava com muita vontade de eu mesma andar pelas aquelas ruas.

Contudo, apesar da escrita da Gayle ser boa, eu achei que ela pecou no desenvolvimento dessa continuação. Por ser um livro curto, o final em minha opinião ficou corrido e sem certas explicações que eu particularmente esperava, afinal, eu busquei esse livro justamente porque queria conhecer melhor os personagens. Não posso dizer que fiquei 100% contente com a finalização, não só por essa correria, mas também pelo rumo que as coisas tomaram. Contudo, ainda vale a pena ler porque o resto do livro possui uma narrativa bem gostosa (e bem mais fácil de se ler que a de Mia, por sinal). Para quem gostou de Se Eu Ficar, esse livro é uma leitura super válida e, tenho que dizer, com uma carga emocional mais leve e diferente do anterior (já que o grande foco desse livro é mesmo o relacionamento de Mia e Adam).


Autor(a): Gayle Forman
Editora: Novo Conceito
Ano: 2014
Páginas: 219
Nome original: Where She Went
Coleção: Se Eu Ficar, #2

2 comentários:

Comente aqui o que achou da postagem. Não seja tímido, pode falar o que vier a cabeça (desde que não seja coisas, você sabe, idiotas, racistas, etc).
Aproveite.