Top Ten Tuesday: 10 livros da minha infância/pré-adolescência que eu amaria revisitar

Ai, quem nunca quis ter aquela sensação maravilhosa de ler um dos seus livros favoritos pela primeira vez de novo? Pensando nisso é que temos o tema dessa semana, que tem toda um toque de saudades da infância (e praticamente da minha pré-adolescência também)... Veja se você também já leu algum desses amorzinhos da minha vida <3.



10) Tipo Assim, Clarice Bean, de Lauren Child: a série toda da Clarice Bean é uma graça, super divertida, emocionante e, surpreendentemente, com alguma carga emocional também. Uma das melhores coisas na minha estante, principalmente porque os livros em si são super bem feitos.

9) Garotas da Rua Beacon, de Annie Bryant: eu AMAVA essa série quando tinha uns 11, 12 anos. Contando sobre a história de quatro (e depois, cinco) melhores amigas e suas desventuras, eu sonhava em ser amiga daquelas meninas, especialmente da Avery. Uma pena que a série é gigante e eu nunca completei.

8) Academia de Princesas, de Shannon Hale: nossa, gente, esse livro: LINDO, INCRÍVEL, UMA FOFURA! A história lembra um pouco à de A seleção, mas nesse várias garotas são treinadas (isso mesmo) para ser princesas, sendo que apenas uma delas será a escolhida pelo futuro rei daquele lugar. Fiquei sabendo nesses dias que houve dois outros livros depois desse, mas infelizmente a Galera não lançou aqui.

7) A Garota Americana, de Meg Cabot: esse livro já apareceu uma vez nesse meme, mas é simplesmente um livro que marca a minha entrada na quase adolescência. Eu o li bem novinha e nossa, achei a melhor coisa de todas, Meg Cabot a melhor pessoa do mundo e tenho certeza que o David foi o meu primeiro literary crush sem eu nem notar.

6) Judy Moody, de Megan McDonald: esse livro é bem mais infantil, mas é uma graça. Judy é uma menina super animada, atrevida e diferente e eu adorava ver as confusões em que ela se metia junto com os amigos e o irmão mais novo, Chiclete.


5) Um Cadáver Ouve Rádio, de Marcos Rey: eu sei, que TÍTULO GENIAL é esse, né? Pois bem, o livro não deixa por menos e eu o reli tantas vezes que perdi a conta. Marcos Rey é maravilhoso escrevendo mistérios e eu, com meus 10 anos (ou nem isso), adorava os livros dele.

4) Segredo das Fadas, de Emily Rodda: outra série que eu acompanhei bem novinha, esse livro tinha o que eu mais amo no mundo encantado (ou quase isso): FADAS! Eu lembro até que bem de todos os livros dessa série e eu simplesmente invejava demais a protagonista por ter uma vida tão legal!

3) Duas vidas, dois destinos, de Katherine Patterson: por que, por que, eu mesma na 4ª série, achei que esse seria um bom livro? Gente, eu adoro a história, adoro os personagens, já reli algumas vezes, mas nossa... Que livro triste. Ele sempre quebra meu coração pela sua simplicidade e beleza.

2) Deltora Quest, de Emily Rodda: sim, essa autora aparece duas vezes aqui porque não dava pra ignorar essa outra série, que virou o amor da minha vida por muito tempo (Lief e Jasmin, MELHOR. CASAL.). Sou apaixonada pelos personagens, pelas aventuras loucas e perigosas e até mesmo pelas criaturas esquisitas que eles vão enfrentando no meio do caminho.

1) Harry Potter, de J. K. Rowling: ALGUÉM tinha dúvidas que esse seria o primeiro lugar?! HP é HP e tem a medalha de ouro por motivos mais que verdadeiros: bruxos, escrita super legal, desenvolvimento genial e personagens inesquecíveis.

Bônus: também vale lembrar A menina da sexta lua, da Moony Witcher, e How I Survived Middle School, da Nancy Krulik.

E vocês? Que livros você amaria reler como se fosse a primeira vez?

Acompanhe o blog nas redes sociais!

0 viajantes:

Postar um comentário

Comente aqui o que achou da postagem. Não seja tímido, pode falar o que vier a cabeça (desde que não seja coisas, você sabe, idiotas, racistas, etc).
Aproveite.