[Resenha] A Pirâmide Vermelha, de Rick Riordan


Ai, que saudade louca dos livros do "tio" Rick! Desde que eu li Percy Jackson e os arquivos do Semideus que eu não lia nada daquela maravilhosa narrativa que só esse autor querido sabe fazer.

Mas as coisas mudaram. Não estamos mais falando de PJ e sim de uma nova saga, dessa vez sobre mitologia egípcia - assunto que eu sei bem pouco, tirando alguns conhecimentos bem básicos - e com dois irmãos, Carter e Sadie.

"Lembrei o que Amós tinha nos falado sobre os nomos.
- O Egito é o primeiro nomo. Nova York é o vigésimo primeiro. Qual é o último, o trecentésimo sexagésimo?
- A Antártida - respondeu Zia. - Uma alocação punitiva. Não há nada lá, exceto dois magos congelados e um punhado de pinguins mágicos.
- Pinguins mágicos?
- Nem me pergunte." (pág 140)

Os dois irmãos, pra começar, nunca se veem. Carter, 14 anos, viaja pelo mundo com seu pai, Julius, enquanto sua irmã mais nova, Sadie, 12 anos, mora em Londres/Inglaterra junto com os avós, desfrutando de uma quase normal vida. Os dois são mais conhecidos do que propriamente irmãos, já que se veem apenas um dia por ano, no Natal (condição dos avós dos dois). Tudo ia perfeitamente normal - ou quase isso - quando, numa visita típica ao British Museum, Julius acidentalmente liberta os cinco mais poderosos e importantes deuses do Antigo Egito. Para os dias atuais! E quem tem que resolver toda essa confusão, quando ele misteriosamente some? É claro, Carter e Sadie.

SPOILER - só leia se quiser! "- (...) Nós, deuses, somos muito poderosos. Podemos existir em muitos lugares ao mesmo tempo. Mas, sim, parte do espírito de Ísis reside agora em você. Como Carter abriga agora o espírito de Hórus. E, francamente, vocês dois deveriam sentir-se honrados.
- É claro, muito honrados - ironizei. - Sempre quis ser possuído!" (pág 194)

A fórmula pode parecer conhecida pra quem já leu PJ, mas a história é muito criativa. Os capítulos vão trocando de Carter para Sadie - sendo que eu gostava mais dos dessa, já que seus comentários são os melhores, mas os de Carter também eram legais -, ou seja: temos dois pontos de vista completamente diferentes, afinal cada um tem seu jeito: Carter é tímido e nerd; Sadie é espontânea e esquentadinha. Mas os dois se completam e no final, finalmente conseguem se entender (ou quase isso). Há vários outros personagens importantes na história, como o tio Amós, a deusa gata, Bastet, Zia, da Casa da Vida - que também está perseguindo os irmãos -, entre outros. Também somos apresentados aos diversos deuses, aos seus significados... bem, por um, Anúbis, eu peguei um carinho especial, haha. Mas veremos no próximo livro se isso vai pra frente.

"- Ah, não - disse Carter. - Conheço aqueles portões.
- O quê? Por quê?
- Papai me trouxe aqui uma vez. A tumba de um grande mago... Tor devia estar brincando.
- Carter, do que está falando? Tem alguém enterrado aqui?
Ele assentiu.
- Estamos em Graceland, lar do músico mais famoso do mundo.
- Michael Jackson morava aqui?
- Não, tonta - respondeu Carter. - Elvis Presley." (pág 261)

No geral, o livro tem um pouco daquelas tiradas engraçadas do Percy, mas também incorpora novas ideias, já que é uma mitologia completamente diferente. Eu adoraria conhecer o Egito, mas, curiosamente, eu sei bem pouco sobre a sua cultura (desse tipo, quis dizer). O único ponto baixo do livro é que às vezes eu não me sentia tentada a lê-lo, eu gostei da leitura, mas teve momentos meio "intervalos", sabe? Quando estamos esperando acontecer alguma coisa... mas o livro é ótimo, bem à la Rick... indico para todos, um excelente jeito de aprender de um jeito legal (slogan clichê é o "ó"...). Aliás, comentando sobre a narrativa, ela é boa, em primeira pessoa no passado (bem como o autor gosta!).

Nota geral: 9,5 (ou 4.5 estrelas)


Autor(a): Rick Riordan
Editora: Intrínseca
Ano: 2010 (Brasil) - 2010 (Estados Unidos)
Págs: 448
Nome original: The Red Pyramid
Coleção: As Crônicas dos Kane, #1

4 comentários:

  1. Eu quero ler esse livro!! adoro as obras do Rick Riordan! adorei sua resenha! Espero poder lê-lo em breve!

    Beijos
    Ann .:. anngominho.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Olá, convido-te a vistar o meu blog e concorrer aos livros dos novos autores que lá estão disponíveis todo mês para fins de incentivo cultural, em agosto são 8 e em setembro 9, vá lá e confira os livros que serão sorteados; para concorrer, basta segui o blog e deixar este comentário - "estou participando da promoção."
    abraços

    ResponderExcluir
  3. Eu estou bem curiosa pra ler esse livro, ainda mais por ser do 'tio' Rick *-*
    Eu também não sei muito sobre mitologia egípcia, mas espero me interessar, assim como me interessei por mitologia grega quando li Percy! :D

    Bjs :*

    ResponderExcluir
  4. Ei Isa!
    O Tio Rick é mesmo O cara!
    Eu tb sei bem pouco da cultura egípcia... Mas mesmo agora ainda não sei se aprendi mto...kkk
    Eu ficava preocupada com a ação.
    Esperando loucamente o lançamento da continuação.
    Bjins

    ResponderExcluir

Comente aqui o que achou da postagem. Não seja tímido, pode falar o que vier a cabeça (desde que não seja coisas, você sabe, idiotas, racistas, etc).
Aproveite.