[Resenha] Irresistivelmente Fatal, de Marcio Scheibler (Book Tour)


Comente nesse post e ganhe chances a mais na Promoção de um ano do blog (http://bit.ly/umanoblog)

Eu queria ter gostado desse livro. Honestamente, pode ser que seja apenas eu, mas eu não gosto quando não gosto de um livro. E não é porque eu “perdi tempo” lendo, porque ler nunca é perder tempo, mas era um livro que tinha uma proposta tão legal e no qual eu apostava minhas fichas.

Me entenda, eu sou muito certinha nesse quesito... Quero dizer, eu não gosto muito de livros com cenas extremamente explícitas de sexo, porque pra mim, o autor tem que tomar muito cuidado pra isso não virar algo vulgar e ruim. E foi isso que aconteceu, pelo menos comigo, nesse livro. O mistério, os assassinatos, são extremamente ligados à essa história de sexo, prazer, etc. Eu gostei do mistério e a leitura é fácil, de fato, mas... Não me desceu essa história.

Mas o seu livro tem seus pontos altos, também. Eu gostei dos personagens centrais, como o Leandro e o Otávio, achei que os dois são bem interessantes, tirando um ou outro comentário meio... idiota... deles (tudo relacionado àquele pensamento de que “os homens só pensam em transar”, se é que você me entende). Gostei da investigação, achei bem legal o modo que Marcio a conduziu, me deixou ligada no livro. Só uma coisa, em relação ao tal mistério (ignorando as partes que já comentei) que não gostei e, sinto dizer, ela é fundamental: a resolução do mistério, quem era o assassino. Pra mim, foi algo totalmente random, tipo quando aparece um carinha no meio da história e acaba que ele é o culpado. Sem contar que eu já sabia quem era o tal assassino e as assassinas bem antes do final.

Finalizando: é uma boa leitura pra muita gente, tanto que sua média no Skoob é quatro, mas pra mim, essas coisas não funcionam. Talvez por isso eu evite tanto livros como Irmandade da Adaga Negra, entre outros. Sei que nesse ponto tenho que melhorar, aprender a aceitar, mas... Bem, vamos devagar. Eu até recomendo o livro, porque sinto que o que não foi bom pra mim, pode ser ótimo pra vocês. Leiam e descubram sua opinião, ela pode ser bem diferente da minha ;).

(2.5 estrelas    Nota: 5,5)


Autor(a): Marcio Scheibler
Editora: Zum
Ano: 2010
Páginas: 168
Nome original: -
Coleção: 










Selo brasileiro



2 comentários:

  1. Gostei muito dos seus comentários pela sinceridade, e achei muito válida sua opinião em relação a livros dos quais não gostamos. O fato de não gostarmos não quer dizer que seja ruim, e o que não nos agrada pode agradar a muita gente. Parabéns!

    Bj
    escrevendoloucamente.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Obrigado pela resenha do meu livro. Aceito suas opiniões, pois não é possível agradar a todos. Mas só uma consideração: o(a) assassino(a) do personagem Leandro só aparece no final da história, ou seja, ninguém durante a leitura consegue descobrir quem é...;)

    Abraços

    ResponderExcluir

Comente aqui o que achou da postagem. Não seja tímido, pode falar o que vier a cabeça (desde que não seja coisas, você sabe, idiotas, racistas, etc).
Aproveite.