Book Blogger Hop #46

Esse é  a versão brasileira do Book Blogger Hop que as garotas do Murphy's Library começaram! (a versão original é da Jennifer, do Crazy for Books). A ideia é conhecer um pouco mais sobre a blogosfera!
Como é? Bem simples: quem quiser postar o meme bota o selo do Book Blogger, responde a pergunta da semana e linka o seu post lá no Murphy's Library! Toda semana tem uma pergunta diferente.

A pergunta dessa semana é:
Você prefere livros em primeira ou terceira pessoa?
Honestamente, eu gosto dos dois tipos! Se um livro é bom, eu realmente não me importo com a pessoa que é contado, com o tempo verbal... São detalhes que talvez ajudem, mas não mudam tanto assim se o plot do livro é bom ou ruim. Antigamente eu lia apenas livros em terceira pessoa, pois meu gosto era praticamente aventura, mistério e alguns contos de terror (É, eu adorava os livros do Edgar Allan Poe). Com o tempo, passei a intercalar com as leituras em primeira pessoa, que geralmente são um pouco mais "pessoais", pois possuem alguns comentários do tal narrador. Enfim, a única coisa que não gosto é quando temos uma protagonista chata ou desinteressante e ela é a narradora, porque... Pela amor de Deus, daí fica difícil!
E vocês? Qual a preferências de vocês?
Comente nesse post e ganha uma chance a mais na Promoção de um ano do blog (http://bit.ly/umanoblog)

4 comentários:

  1. Hm, essa questão é bem complicada... Eu não tenho assim uma preferência, acho que tudo depende do enredo e da perspectiva em que se quer contar a história. Tem histórias que "pedem" um narrador em primeira pessoa, por exemplo. Para não ficar tão em cima do muro, digo que gosto bastante de narradores em terceira pessoa, geralmente temos uma visão mais ampla dos fatos desta forma. Mas, como eu disse, tudo depende...

    Bjo
    escrevendoloucamente.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Gosto dos dois jeitos, cada história pede uma forma diferente, então depende muito de cada coisa, porque tem coisas que acontecem que se fosse contada na primeira pessoa fosse estranho, por exemplo o sentimento de outra pessoa, como alguém conseguiria explicar uma coisa que não é você que está sentindo.
    Ah sei lá kkk.

    Beijos.

    viagem-imaginaria.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Na verdade eu nunca parei pra pensar nisso sabe? Depende MUITO da(o) protagonista do livro. Quando é em 1° pessoa e a personagem é aquele clichê chato, você pensa que seria muito melhor se fosse em 3° pessoa. No entanto, quando é em 3° pessoa e a personagem é awesome, você gostaria que fosse em 1° pessoa pra ver 'dentro' da cabeça dela :)


    =*

    ResponderExcluir
  4. Eu adorei a ideia e vi que muitos Blogs também adoraram e adotaram esta ideia.

    ResponderExcluir

Comente aqui o que achou da postagem. Não seja tímido, pode falar o que vier a cabeça (desde que não seja coisas, você sabe, idiotas, racistas, etc).
Aproveite.