[Resenha] A breve segunda vida de Bree Taner, de Stephenie Meyer


No geral, "... Bree Taner" é um livro bom. Não é daqueles que você para e pensa: "Nossa, que livro bom!", mas para quem já leu a Saga Crepúsculo, é um bom aperitivo.

Sem mais delongas, Bree Taner é uma recém-criada vampira, feita para lutar contra os Cullen, que estão em guerra com Victoria, sua criadora. Ela ignora completamente os motivos que a tornaram vampira, quem a tornou - eles se referem à Victoria durante todo o livro como "Ela" -, ou qualquer coisa que a faça pensar demais. Na verdade, ela se esconde de outro recém-criado, Freaky Fred, que tem o poder de manter uma espécie de escudo de repulsão à sua volta (não, não como o da Bella). E tudo ia relativamente bem, normal e sem questionamentos, até que um dia, caçando com dois manés, ela conhece Diego, um cara que, apesar de ser vampiro e ter sido criado por Victoria também, tem mente própria. Ele divaga sobre o por quê de tantos vampiros, de se manterem discretos, etc. Os dois se tornam bons amigos e, quando está com Diego, Bree não sente tanto a necessidade do sangue e consegue se focar melhor. No mesmo dia em que se conhecem, eles perdem a hora, por assim dizer, e com medo de serem torrados pelo sol como Riley, seu gardião lindo, pôs em suas cabeças, vão para um esconderijo que Diego conhece. E descobrem que não, eles não torram com o Sol. Com isso, começam a pensar o por quê de Riley ter-lhes dito outra coisa.

E começam as divagações, que foram bem chatinhas, se quer saber. A Bree ficava mais ou menos assim, numa página: "Ah, mas por que ele não nos contara? Oh, Deus! Será que ele sabe? Oh!" e na página seguinte "Ah, ele não nos contou! Por que não nos contou?", entende? Ela ficava repetindo várias coisas, o que irritava :(. Mas no geral, o livro é bom, curto - li em dois dias, babem por mim - e se você gosta de Crepúsculo - ou simplesmente quer ler todos os livros relacionados a ele - é uma boa pedida. Aproveite e ponha um molho especial. ;)

Obs: o final é triste, confesso, e fiquei com dózinho da Bree :/.

Personagens favoritos: Riley e Diego.

Classificação:
Capa e design gráfico: 9,5
História: 8,5
Narrativa: 8,5
Personagens: 9,0
Final: 8,5
Nota geral: 8,8

Playlist:
Born This Way - Lady Gaga;
Nobody's Home - Avril Lavigne;
Only Girl (In The World) - Rihanna;
I Like It Rough - Lady Gaga.

Sem quotes favoritos ;*

Autor(a): Stephenie Meyer
Editora: Intrínseca
Ano: 2010 (original) / 2010 (Brasil)
Págs: 190
Nome original: The short second life of Bree Taner
Coleção: Saga Crepúsculo

0 viajantes:

Postar um comentário

Comente aqui o que achou da postagem. Não seja tímido, pode falar o que vier a cabeça (desde que não seja coisas, você sabe, idiotas, racistas, etc).
Aproveite.