[Divulgação] Lançamento da Editora Jangada!


A Editora Jangada mal chegou no mercado, e já está com lançamentos super quentes!
Primeiro, veio o Nascida à Meia-Noite, que já tem chances de virar um filme, com um super elenco e agora, veio um livro nacional, com uma capa super fofa! Conheça o mais novo livro da Jangada, Como (quase) namorei Robert Pattinson!


Como (quase) namorei Robert Pattinson
Que atire a primeira pedra quem nunca sonhou, ou melhor, quem nunca desejou fazer parte da vida de seu ídolo. Pois é, a personagem Duda, criada pela autora Carol Sabar, passou por essa experiência...

"Quando abro os olhos, ali estou eu, deitada de bruços na areia da praia.
E Robert Pattinson está passando óleo bronzeador nas minhas pernas.
(...) Partindo do princípio de que não estou ficando louca, então..."

Sobre o livro:
Aos 19 anos, Duda é literalmente viciada na saga Crepúsculo. Já perdeu a conta de quantas vezes leu os livros da série e assistiu aos filmes. Através de um perfil secreto na internet, ela se comunica com outras fãs do Crepúsculo que, assim como ela, estão totalmente convencidas de que não há garoto no mundo que valha um dente canino do vampiro Edward Cullen.
Sua obsessão ganha fôlego com uma temporada de estudos em Nova York, onde ela faz planos mirabolantes para conhecer pessoalmente Robert Pattinson, o ator que interpreta o vampiro nos cinemas. Mas, após um incidente com seus únicos (e insubstituíveis!) livros da saga, Duda entra em verdadeiro surto de desespero. Percebe, então, que uma mudança radical em seu comportamento “crepuscólico” é mais do que urgente.
O que ela não esperava era conhecer Miguel Defilippo, seu vizinho na ilha de Manhattan que é, nada mais nada menos, do que a cara do ator Robert Pattinson! Apaixonante, lindo, rico, misterioso e ambíguo, Miguel acaba se tornando um desejo mais inacessível para Duda do que o próprio astro de Hollywood.
Uma história cheia de humor, aventuras e reviravoltas, para você chorar de rir!

Achei super simpática a capa do livro, tirando o fato que o Robert parece meio "gordinho"... Bem, aí está um lançamento que promete ser bem engraçado e, a parte legal é que é nacional! É ótimo saber que, aparentemente, muita gente tá perdendo o preconceito com a nossa literatura e lendo mais coisas daqui.
E vocês, o que acharam do lançamento? Gostaram da sinopse, da capa?

Um comentário:

Comente aqui o que achou da postagem. Não seja tímido, pode falar o que vier a cabeça (desde que não seja coisas, você sabe, idiotas, racistas, etc).
Aproveite.