[Resenha] O Concorrente, de Stephen King


Faz tempo que li esse livro (ok, nem tanto... mas foi lá pro começo de Maio), então eu posso ter alguns relapsos em relação aos nomes dos personagens... Mas a história eu lembro bem e o final, principalmente, também.

Era para eu ler um livro de terror. Logo, eu pensei num escritor que todo mundo conhece e é famoso justamente por livros de terror. Seja real, psicológico, não importa. Mas que Stephen King é famoso, ele é, certo? Eu tinha escolhido, inicialmente, outro livro de King, mas como quando fui à biblioteca não tinham disponível, peguei esse mesmo... Sem saber o que esperar. E acabou sendo mais ficção científica do que terror. Mas vamos considerar...

Ben Richards é o personagem central do livro. Ele participa de uma espécie de “Jogos Vorazes”, só que mil vezes pior. Ele é perseguido ao vivo por policiais, políticos... Todos. Até mesmo os cidadões, alucinados em drogas e viciados em GratuiTV. A polícia dá dinheiro e medalhas de mérito a quem dar qualquer informação sobre ele e outro fugitivo (que morre antes). E ele tem que fugir, porque se não o fizer, irão matá-lo e sua filhinha, que está doente de pneumonia, morrerá. Na verdade, é justamente por ela que ele entra nessa bagunceira toda. Porque há tempos, desde que se demitiu de uma fábrica que poderia deixá-lo estéril (e então não poderia ter os tão desejados filhos), ele e sua mulher, Sheila, estão vivendo na miséria.

O livro é bom, tem muita adrenalina... Bem, isso é o que não falta! Principalmente nos capítulos finais, é impossível largar o livro, pois o final se aproxima... Já que os capítulos são contados como “Restam 23... 22... 21...” até chegar no 0. Richards é uma pessoa que faria qualquer coisa para que sua família passasse bem, e o faz. Ele aceita perder a vida, em troca de um médico para a filha. Só que conforme vai fugindo, ele conhece várias pessoas... Que sabem segredos sobre a "sociedade" que os governa, segredos que Richards jamais imaginaria. E no meio das tentativas de sobreviver, ele também tenta alertar as pessoas dos riscos que correm, de como devem começar a se questionar.

Eu não sei dizer se gostei do livro ou não... Ok, ele é bom e tal, me peguei realmente grudada ao livro, mas o final... QUE final foi aquele? Não sei se é costume de King fazer coisas assim, mas foi algo totalmente surpreendente! Eu via as folhas passando e pensava “Não, não pode acabar assim!”. Mas acabou. Mesmo assim, para uma primeira experiência com o autor, foi boa, tenho certeza que lerei em breve outros títulos... E também fiquei curiosa com a adaptação para o cinema, também quero ver \o/. Recomendo a todos que gostam de um bom suspense!

Nota geral: 8,0

Autor(a): Stephen King
Editora: Suma de Letras (Objetiva)
Ano: 2006 (Brasil) / 1982 (EUA)
Págs: 312
Nome original: The Running Man
Coleção: -

5 comentários:

  1. nunca li nenhum livro do Stephen, e olha que livros desse tipo mexem comigo.
    e já que vai ter adaptação para o cinema preciso ler antes OISIDOISOIDIS

    ResponderExcluir
  2. Adoro Thrilers!

    AGostei da dica e da resenha.
    Tá na lista!
    =)

    Bjinhos
    Psiu!
    www.SilencioQueEuToLendo.com.br

    ResponderExcluir
  3. Ei Isa!
    Agora eu fiquei curiosa com este tal final que vc não acreditava que pudesse acontecer. Este livro eu não conhecia nem de nome.

    Eu ainda não li nada dele, mas pretendo mudar isto um dia (só não sei quando, pq minha fila tá gigannnte).

    Bjins

    ResponderExcluir
  4. Nunca li nada dele, mas sei lá...tenho medinho dessas coisas....kkkkk
    Vamos ver se mais para frente me animo =)

    Andy_Mon petit Poison

    ResponderExcluir
  5. Meu próximo livro dele que lerei! hehe

    ResponderExcluir

Comente aqui o que achou da postagem. Não seja tímido, pode falar o que vier a cabeça (desde que não seja coisas, você sabe, idiotas, racistas, etc).
Aproveite.