[Divulgação] Já conhece A 5ª Onda?


Vocês sabem como, nos últimos tempos, muitas distopias ganharam força, mas já fazia um tempinho que os livros de young adult não tinham como temática aliens, não? Talvez por isso eu tenha ficado bem curiosa com A 5ª Onda, o filme baseada na obra homônima de Rick Yancey, publicada pela Editora Fundamento aqui no Brasil.

Também pode ser porque tem a Chloe Moretz e eu gosto muito dessa atriz, que já participou de Se Eu Ficar (mais uma adaptação literária) e o reboot de Carrie, a Estranha que ficou extremamente... diferente... do original. Ah, e também tem aquele menino que fez Jurassic World (Nick Robinson) num papel de irmão-mais-velho-que-se-acha-descolado (não me animou muito, mas o personagem dele nesse filme parece bem melhor).

Apesar de já ter sido lançado lá fora, o filme só chega aqui dia 21 de janeiro (ESTAMOS QUASE LÁ!), confira só a sinopse e o trailer:
A Terra repentinamente sofre uma série de ataques alienígenas. Na primeira onda de ataques, um pulso eletromagnético retira a eletricidade do planeta.
Na segunda onda, um tsunami gigantesco mata 40% da população. Na terceira onda, os pássaros passam a transmitir um vírus que mata 97% das pessoas que resistiram aos ataques anteriores. Na quarta onda, os próprios alienígenas se infiltram entre os humanos restantes, espalhando a dúvida entre todos. 

Com a proximidade cada vez maior da quinta onda, que promete exterminar de vez a raça humana, a adolescente Cassie Sullivan (Chloe Grace Moretz) precisa proteger seu irmão mais novo e descobrir em quem pode confiar.

Se você ficou interessado, aproveita que a Fundamento tá fazendo promoção do primeiro livro dessa trilogia, que tá com 30% de desconto! E se quiser acompanhar de perto os bastidores do filme, é só entrar no fansite e na página oficial do Facebook.

Agora fica a torcida para que seja um bom filme e um livro ainda melhor, né? E com muitoo sucesso, claro!


Acompanhe o blog nas redes sociais!

0 viajantes:

Postar um comentário

Comente aqui o que achou da postagem. Não seja tímido, pode falar o que vier a cabeça (desde que não seja coisas, você sabe, idiotas, racistas, etc).
Aproveite.