[Resenha] Angels on Sunset Boulevard, de Melissa de la Cruz


Comprei esse livro há um bom tempo, mas, por motivos aleatórios, até agora não tinha me animado para ler, mesmo tendo uma temática divertida, misturando 90210 com Gossip Girl, além de muita gente rica, bonita e poderosa. Taj é a namorada da nova estrela do rock, Johnny. Mesmo que nenhum dos dois seja suficientemente rico para criar a própria carreira, como muitos em Hollywood fazem, graças ao talento de Johnny e uma misteriosa rede social chamada TAP (The Angels Practice), ele vira uma verdadeira febre pelo mundo, vendendo shows em segundos. Contudo, após seu misterioso desaparecimento – sem explicação, sem motivo – Taj se vê perdida e sem entender o que aconteceu de verdade.

Enquanto isso, Nick é o típico garoto popular: bonzinho, capitão do time e namorado da menina mais popular do caro colégio particular em que estuda. É um daqueles personagens que te encanta por ser, ao mesmo tempo, questionador e fofo. Ele e Taj acabam se esbarrando em uma das festas organizadas pela TAP e, após um desaparecimento esquisito de sua irmã mais nova, Nick resolve investigar o que realmente aconteceu, acabando conhecendo melhor Taj.

O livro é divertido e claramente irônico, tirando sarro não só dos próprios personagens fúteis e sem personalidade, mas da realidade, com que se assemelha muito, infelizmente ou não. A vida do pessoal que participa da TAP é ou 8 ou 80: ou você é quem manda lá, ou é quem obedece. Além disso, é inegável que desde o começo há alguma coisa que fede nessa rede social tão “liberal”, aparentemente: muitos mistérios e segredos são seu verdadeiro alicerce.

A autora vai criando, capítulo por capítulo, um clima de cada vez maior tensão, variando a visão para Taj ou Nick, mas sem nunca dar muitas informações de uma vez, me fazendo querer ler logo as páginas para entender melhor aquele mundo. Talvez justamente por isso me chateou tanto o final preguiçoso que ela resolveu dar à história e aos personagens, como que optando o caminho mais curto, mas sem graça. Fiquei chateada porque, mesmo alegando ser uma série, desde 2007 não tivemos qualquer notícia de uma continuação e o fechamento desse livro, sozinho, foi bem fraco para algo que apresentava tanto potencial.

Todo mundo adora conhecer os bastidores da vida de pessoas ricas e poderosas, especialmente se elas são jovens e famosas. É como ver um mundo totalmente diferente do seu, e mesmo que Melissa de la Cruz não tenha poupado esforços para criar um mundo fora da realidade de quase todos nós, infelizmente não fechou essa história como ela merecia. Se algum dia sair a continuação, o que eu duvido muito, ficarei muito feliz em lê-la, não tanto pelos personagens, que pouco se destacam, mas sim pelo plano de fundo, que promete muito.

2 festas exclusivas da TAP 

Autor(a): Melissa de la Cruz
Editora: Simon & Schuster
Ano: 2007
Páginas: 240
Nome original: -
Coleção: Angels on Sunset Boulevard, #1

0 viajantes:

Postar um comentário

Comente aqui o que achou da postagem. Não seja tímido, pode falar o que vier a cabeça (desde que não seja coisas, você sabe, idiotas, racistas, etc).
Aproveite.