[Resenha] Lonely Hearts Club, de Elizabeth Eulberg


FOFURA. Isso define bem esse livro. E digo isso como um grande elogio.

Pra quem não sabe, eu estou querendo esse livro desde que lançou, mas, por motivos aleatórios, até então não tinha conseguido. Porém, um dia desses, finalmente fui à livraria e levei para casa, já lendo.

E o livro é apaixonante! É bem daqueles livros que você dá risada, sorri, faz “awn”, torce pelos personagens... Você até sabe o que vai acontecer na história, mas isso não é um problema, porque o divertido é saber o desenvolvimento, “como” isso irá acontecer. E o diferencial desse livro é que nossa protagonista, Penny Lane, possui dois pais fanáticos por Beatles (caso o nome não tenha sido uma dica clara) e, com isso, também é apaixonado pelos meninos de Liverpool. Eu curto bastante Beatles, então eu adorei essa ideia de misturar livros com as músicas deles, que justamente, passam tantos sentimentos.

E o livro não me decepcionou. Adorei os personagens, desde Tracy, a melhor amiga de Penny, complexada por causa dos meninos, a Diane, a ex-melhor amiga de Penny que há tempos a trocou pelo seu então namorado, Ryan, mas, quando terminou o namoro, finalmente se deu conta da mancada que tinha feito e resolve correr atrás. Tem até o amigo bobão de Ryan, Todd, que no começo parece ser um cara legal, mas se revela um idiota como vários outros.

Mas o que eu mais gostei foi que esse livro vai à direção oposta de tantos outros Young adult por aí: aqui, a Penny quer mostrar às outras meninas que (como diz o subtítulo) nenhuma menina precisa de namorado pra ser feliz, ou, melhor dizendo, pra ser incrível como por si só já é. Achei bem legal essa visão, porque quantas vezes a gente já não cansou de ver aquelas protagonistas bobas que só sabem correr atrás do garoto, o livro todo? Ou até mesmo na vida real, quando deixamos de lado tantas coisas por alguém que não está disposto a mudar um tiquinho da sua vida por nós?

Essa mensagem foi bem legal e, em minha opinião, a melhor coisa do livro. As reuniões que o grupo fazia, só de meninas, eram super bacanas e, com o tempo, mais garotas foram notando como podiam ser incríveis sem um garoto ao lado. Claro que temos um par romântico para nossa protagonista mas o objetivo aqui está feito: ela aprendeu a lição. Ela não vai mais trocar amigas maravilhosas por um namorado qualquer e, além do mais, não vai escolher um cara qualquer. Penny avançou e aprendeu.

Portanto, eu indico o livro. Ele é divertido, engraçado, fofo e tudo o que um bom livro deve fazer você sentir. E, mesmo que você seja menino, acho legal ler também, para ver as coisas - o relacionamento, pra começar - com os olhos do outro lado da história. Então, o que está esperando? Vá lá ler e se apaixonar!

+ Favorito!

(5 estrelas - 10,0)

Autor(a): Elizabeth Eulberg
Editora: Intrínseca
Ano: 2009 (original) - 2011 (Brasil)
Páginas: 290 (original) - 238 (Brasil)
Nome original: The Lonely Hearts Club
Coleção: -




Link da postagem (AQUI!)

6 comentários:

  1. Nunca tive muita curiosidade de ler esse livro,mas o enredo dele parece ser bom.
    Talvez eu der uma chance e acabe gostando.


    *bye*

    http://loucaporromances.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Deve ser ótimo, um livro que fala um pouco das fãs loucas dos Beatles deve ter altas loucuras e brigas hahaha! Adorei o livro.

    ResponderExcluir
  3. Eu achei que é um livro bem divertido e para acompanhar eu já sei qual será a trilha sonora. Bjos!!

    ResponderExcluir
  4. Gostei...vou conferir!

    ResponderExcluir
  5. Não conhecia o livro, mas seu entusiasmo me contagiou, vou tentar acha-lo para ler :)

    ResponderExcluir
  6. Amanda Naira arrais30 de março de 2013 13:34

    Parece que todo blog que sigo fala bem desse livro..
    será porque em..
    eu ainda não li, mas essas resenhas me deixam cada vez + curiosa..

    ResponderExcluir

Comente aqui o que achou da postagem. Não seja tímido, pode falar o que vier a cabeça (desde que não seja coisas, você sabe, idiotas, racistas, etc).
Aproveite.