[Resenha] Como se livrar de um vampiro apaixonado, de Beth Fantaskey


Well, o livro, no geral, é ótimo! Gostei bastante, até "favoritei", mas dou 4 estrelinhas porque eu gostei bastante, mas não foi exatamente o livro do ano. A história começa com Jessica, ou Antanasia (só eu que lembra de eutanasia lendo esse nome? ^o^), uma menina de quase 18 anos, que é uma camponesa comum, tirando o fato de que, na verdade, é da realeza vampírica, uma coisa que ela mesma não sabia, até Lucius Vladescu - com ênfase no "des" - aparece, dizendo que irá casar com ela e permanecerão juntos por toda a enternidade. Ok, ele é bonito, ela pensa, mas ela já está interessado em um outro "camponês": Jake. Além disso, Lucius a trata quase sempre como uma criança e é arrogante, o que faz com que ela o deteste no princípio. Mas tudo isso é esquecido quando ele começa a sair com Faith, a líder de torcida esteroptizada (é isso mesmo?), loira e com um corpo "perfeito". E então Jessica nota que está apaixonada.

A história é boa, a protagonista é daquelas que se está faltando nos livros ultimamente, sarcástica e independente. Mas, sei lá, acho que fui com "muita sede ao pote". Ouvi falar maravilhas, e, ok, minhas expectativas foram alcançadas. Mas, infelizmente, não foram ultrapassadas. É um ótimo livro, muito recomendado, principalmente porque foge aos livros normais de vampiro. Só não gostei, e provavelmente foi por isso que não dei cinco estrelas, muito de como Lucius fica no final. Pra mim, ele perdeu toda aquela pose arrogante e legal e ficou muito a la Edward. Nada contra o Edward, mas, hello, eu quero é um Vladescu!

Primeira frase do livro: "Na primeira vez que o vi, uma névoa pesada e cinzenta parecia se agarrar ao milharal, com faixas de neblina deslizando entre as plantas quase mortas."

Pontos positivos: a nova visão - não sei se essa é a palavra certa - do mundo dos vampiros que a Beth criou foi bem bacana! Eles não são purpurinadas! :D. E os personagens são bem legais, alguns garantem ótimas risadas!

Pontos negativos: Lucius bancando o Edward. Se liga, você é um Vladescu, não um Cullen! Thank you.

Personagens favoritos: Jessica/Antanasia (o humor dela, sarcástico ao extremo, o fato de não ser perfeita, sua independência... Tava com saudades de uma protagonista mais espertinha!)

Classificação:
Capa e design gráfico: 10,0
História: 9,0
Narrativa: 9,0
Personagens: 9,5
Final: 9,0
Nota geral: 8,2

Playlist:
Life Style - Ace Hood & Sean Kingston;
Boyfriend - Jordan Pruitt;
Runaway - Avril Lavigne;
What's mt age again? - Blink 182.

Conhecendo a autora:
Beth Fantaskey morou a vida toda no interior da Pensilvânia, um lugar sempre importante em seus livros. Ela adora viajar pelo mundo, mas tem medo de avião. É jornalista e leciona na Universidade Susquehanna. O que mais gosta de fazer é escrever para os jovens e acha o máximo interagir com eles. Como se livrar de um vampiro apaixonado é seu primeiro livro. (para maiores informações sobre o livro e a autora, entre no site do livro)

Partes favoritas (em preto sem spoilers, em laranja com spoilers. Fiquem atentos, hein?):
"Lucius abriu o pote, balançando a cabeça.
- Mulheres americanas. Por que todas vocês querem ficar quase invisíveis? Por que abrir mão de ter uma presença física no mundo? As mulheres deveriam ter curvas, não ângulos. - Com um tremor debochado que ele geralmente reservava para a culinária de papai, acrescentou: - As mulheres americanas são pontudas demais, todas projetando omoplatas e ossos do quadril.
- Está na moda ser magra - argumentei. - É bonito.
- Nunca se deve confundir moda com beleza - corrigiu Lucius. - Confie em mim: os homens não gostem do que dizem as revistas de moda. Eles não acham que as mulheres esqueléticas são bonitas. A maioria prefere curvas. - Ele enfiou uma colher de tofu congelado e avançou em minha direção, estendendo-a para o meu rosto. - Coma. Fique feliz por ter curvas. Por ter uma presença."
pág 53 e 54

Autor(a): Beth Fantaskey
Editora: Sextante (selo: Arqueiro)
Ano: 2010 (Brasil) / 2009 (original)
Págs: 304
Título Original: Jessica's Guide to Dating on the Dark Side
Coleção: Jessica, #1

8 comentários:

  1. Ei Isa!
    É verdade... Tá todo mundo falando deste livro.
    Eu queria fugir dos vampiros, mas tô vendo que não vai ter jeito.
    Outro Edward??? Um já basta não? Eu amava o Edward, mas de tanto o povo falar eu enjoei.
    Eu quero este livro, pronto, falei...kkk
    Bjins

    ResponderExcluir
  2. Ah, Isa, estou babando por esse livro, mas tenho TANTOS livros pra ler que estou pirando já! Beijocas :*

    ResponderExcluir
  3. AMOOOO o livro!
    ahha tb fiz resenha e ta tendo promoção dele!

    Sabe, eu tb gosto mt do humor acido da Jess... e me apaixonei pelo Lukey! As cartas dele pro tio eram o ponto alto do humor dele...ahahha

    Sorte que tem continuação pq o final me deixou curiosa sobre o que poderia acontecer! Claro Lukey fica meio estranho no final, mas ele tinha os motivos dele....

    Bjss

    ResponderExcluir
  4. Oi Isa! Eu Quero muito ler esse livro, todos falam que ele é muito bom. Acho que não vou me importar se o Lucius parecer com o Edward; eu amo o Edward do jeitinho que ele é. Eu adorei a parte favorita que você escolheu, muito engraçado. hahaha
    Beijos!

    Rafa{fascinada por histórias}

    ResponderExcluir
  5. OI Isa!
    Já ouvi mto sobre esse livro. Tenho vontade de ler, mas não é o primeiro da lista. A capa me deixa com uma impressão estranha, não sei explicar.

    Qdo eu ler, volto para deixar uma opinião melhor.

    BjoO
    Pri
    Entre Fatos e Livros

    ResponderExcluir
  6. Eu pensava que esse livro era um saco, talvez pq não goste muito dessa capa. Mas ultimamente só tenho visto elogios sobre ele!
    E confesso que quero muito poder ler ele logo!
    Bjkas,
    =]

    ResponderExcluir
  7. Esse livro parece ser comedia romântica sabe?!tudo atrapalhado!

    ResponderExcluir
  8. Parece um livro para se dá altas risadas... adoro historias vampirescas mesmo sendo uma sátira. rsrsrs

    ResponderExcluir

Comente aqui o que achou da postagem. Não seja tímido, pode falar o que vier a cabeça (desde que não seja coisas, você sabe, idiotas, racistas, etc).
Aproveite.