Na Pilha #25 (Uau!)

O "Na Pilha" é um meme aonde eu mostro meus últimos desejos literários (geralmente os Internacionais) que eu acho no Skoob, no GoodReads, na Amazon, no Book Depository, em blogs internacionais e daqui... ;) (Totalmente inspirado no meme de mesmo nome da Carol!)

Enfim. 
Oi gente, tudo bem com vocês? Sei que o blog ficou meio totalmente abandonado durante Janeiro, mas juntou uma coisa chamada "preguiça" mais o fato de que eu li MUITO pouco nesse mês e bem, o blog ficou com pouquíssimas postagens! Nem teve NP semana passada, já que eu estava deprê demais com o final das minhas férias pra isso (sim, elas começaram dia 25. É.)
Mas hoje tem! E, num ritmo de I'll make a man out of you, da Mulan ~ OUÇAM ~, cá estão os meus desejados.


Want to Go Private?
Want to go private?, de Sarah Darer Littman.
Quando Abby conhece Luke online, ela não consegue acreditar na própria sorte. Ele é legal. Ele é engraçado. Ele a ouve e a acha bonita. Ele até mesmo tem ciúmes dos outros caras, o que é adorável. Sem Luke, Abby não sabe como ela passaria o primeiro ano do colegial. Todos, incluindo sua mãe e sua melhor amiga, Faith, dizem a Abby que se ela só fizer um pouco de esforço, ela se divertiria, ao invés  de ficar temendo todo e cada dia como se fosse uma sentença da prisão. Mas não há nada de divertido em ser a parte mais baixa da pirâmide social. Abby sabe que ela não deveria conversar com qualquer cara online. Mas Luke não é um qualquer, e ele não é um desconhecido. O melhor de tudo, ele realmente a ama. E daí se ela nunca mais sair com as amigas ou se suas notas diminuírem? Tudo que ela precisa é Luke. Luke é seu segredo, e ela é o dele    é perfeito desse jeito. Então quando Luke sugere que eles se conheçam pessoalmente, Abby concorda. 
E então ela se foi. Desaparecida. Sem pistas. E todos são deixados para juntar os pedaços. Se eles não fizerem isso, eles nunca verão Abby novamente.


Por que quero ler? Ok, ok. Vou confessar, mesmo essa capa sendo simples, pra mim ela é totalmente creepy, com esses dizeres "quer me conhecer?", "quer me ver?", "quer trocar fotos?", "quer me ligar?", "quer confiar em mim?", "quer me amar?", "quer me encontrar?" e, finalmente, o título: "quer ir para um lugar particular?", ou coisa assim (que eu acho que deve ter suma importância na história!). Além de ser um assunto super atual, esse tipo de coisa já aconteceu de verdade. E isso que dá mais medo! Mesmo assim, eu ouvi vários elogios do livro e bem... Eu tenho uma queda por coisas que envolvem algo a ver com a Internet (vide The future of us né). WANT GO PRIVATE? hahahaha tive que fazer isso.

The Piper's Son
The Piper's Son, de Melina Marchetta.
A premiada autora de "Finnikinof the Rock" e "Jellicoe Road", lança uma crua e convincente história sobre a cura duramente conquistada de uma família após um trauma. A autora reabre a história do grupo de amigos de seu aclamado livro "Saving Francesca"    mas cinco anos se passaram, e agora é Thomas Mackee quem precisa de ajuda. Após seu tio favorito ser explodido em pedaços no seu trajeto para o trabalho numa cidade estrangeira, Tom vê sua família implodir. Ele deixa a escola e vira as costas para sua música e todos que importavam, incluindo a garota que ele não consegue esquecer.
Torcendo para o esquecimento, ele chega ao fundo do poço, forçado a viver com sua solteira e grávida tia, trabalhar no pub da Union com seus ex-amigos e lidar com seu alcoólico pai, de luto. Tom não consegue consertar de nenhum forma o que se quebrou. Mas e se ninguém mais também consegue? Um forte olhar para a família, perdão e os ferozes mecanismos internos de amor e amizade, The Piper's Son redefine o que significa voltar para casa. (sei que a tradução ficou péssima. desculpa!)

Por que quero ler? Não, eu não li Saving Franceca. E, apesar desse outro livro nunca ter aparecido aqui, eu gostei mais desse e dessa capa. HAHAHA, mentira, conheci esse e só depois descobri que era uma companion novel de SF. Enfim. Esse livro também não é muito "leve e feliz", mas ouvi tantos elogios, tipo a Giu, que eu simplesmente tive que pôr. Semana que vem ponho SF, ok? hahaha :)

The Extraordinary Secrets of April, May, & June
The extraordinary secrets of April, May & June, de Robin Benway.
Três irmãs compartilham uma mágica e inquebrável ligação. Quando seus pais se separam, April, May e June redescobrem poderes especiais da infância    poderes que vêm a calhar no inferno que é o colegial. Poderes que as ajudam a lidar com o ano mais difícil de suas vidas. Mas será que eles não teriam um motivo maior?
April, a mais velha e mais preocupada, consegue ver o futuro. A do meio, May, consegue literalmente desaparecer. E a caçula, June, lê mentes    de todos, menos a própria. Quando April tem uma visão de um desastre, as garotas se juntam para salvar o dia e reconciliar sua tensa família. Elas percebem que não importa o que acontece, com poderes ou sem poderes, elas sempre terão umas às outras.
Porque há uma coisa mais forte que mágica: a irmandade.

Por que quero ler? Ufa, finalmente um livrinho mais normal né! E o "mais normal" têm irmãs super poderosas, HAHAHA. Enfim. Eu adoro toda essa coisa de amizade entre irmãs, livros de amizade em si, porque geralmente são fofos e lindos, mas quando se trata de irmãs eu acho que fica mais especial, sei lá /filosofando sem sentido. Se você ainda não notou, a autora é a mesma de A canção que mudou minha vida (que já devia ter aparecido aqui ¬¬), então, como só ouço elogios do A canção..., espero que o mais novo seja ainda mais legal! E gente, estou com inveja da June, queria ler mentes. SÉRIO. 

ACABOU, cupcakes! E vocês? Gostaram de algum livro? COMENTEM :)

3 comentários:

  1. Fiquei mto curiosa pra ler The extraordinary secrets of April, May & June gosto de historias como essas , adorei a ideia do post, bjnhs Pri

    PRI E OS LIVROS

    ResponderExcluir
  2. The Piper's Son é MUITO amorrr!! É um livro muito bem escrito e emocionante! <333
    Os outros dois não li ainda, mas The extraordinary secrets of April, May & June está na wishlist!!
    Adoro essa coluna, muito legal ver o que todo mundo quer comprar! :P
    Beijos!

    ResponderExcluir
  3. Ei Isa!

    Então, eu achei a história de todos bem interessante!
    Gostaria que alguma editora traduzisse "Want to go private?", porque achei a história bem legal! É uma pena eu ~ainda~não leio livros em inglês :/

    Bjoos'
    Lets

    ResponderExcluir

Comente aqui o que achou da postagem. Não seja tímido, pode falar o que vier a cabeça (desde que não seja coisas, você sabe, idiotas, racistas, etc).
Aproveite.