O que ando ouvindo: 4 artistas para sua vida musical ficar mais interessante


(Eu juro que eu tentei fazer um banner legal, mas esse foi o melhor que eu consegui!)

Como alguns leitores do blog sabem, eu adoro música e adoro falar sobre isso. É sempre legal descobrir algum artista, seja ele novo na carreira ou já experiente, porque dá aquela sensação maravilhosa que a música, por mais que pareça uma mesmice às vezes, sempre tem uma surpresinha no aguardo da nossa descoberta. 

E é assim que eu me sinto com relação a esses artistas: um misto de AINDA BEM QUE EU TE ENCONTREI! e POR QUE NÃO ENCONTREI ANTES? e como a maioria só tem um álbum lançado, super válido vocês também começarem a acompanhá-los logo!

Ah, pra quem ficou curioso e quer ouvir mais músicas desses queridos, fiz uma playlist no Spotify com algumas muitas, na verdade músicas para que vocês conheçam melhor, pra ouvir é só clicar aqui!


Esse moço canadense (CANADÁ ESTÁ COM TUDO!) é o que mais lançou coisas até agora, e seu último álbum, Beauty Behind the Madness, é o segundo de estúdio. Vocês talvez já conheçam ele pela parceria maravilhosa com a Ariana Grande, Love Me Harder, ou pela trilha sonora de 50 tons de cinza com Earned It. De qualquer forma, Abel Tesfaye é um daqueles caras cuja voz é tão linda, tão sensual e tão impecável que não tê-lo em sua playlist é um crime de ignorância. Ele já tá fazendo bastante sucesso nos Estados Unidos e no Reino Unido, merecidamente, e vocês têm que ouvir The Hills (além de todas já citadas!).



Sabe aquelas cantoras que surgem do nada, às vezes, e te conquistam de uma forma incrível? Tori é exatamente isso para mim. Com apenas 22 anos, a menina americana lançou esse ano seu álbum de estreia, Unbreakable Smile, depois de vários EPs muito gostosos. É um pop delicioso e com sentimentos à flor da pele, acompanhado de uma voz divina, como se bem nota em Personal ou Dear No One ou, sua música mais famosa, Nobody Love. Ou todas as faixas do álbum, que toca quase sem parar no meu iPod.



Meu último vício - e sem previsão de término - tem nome: Cry Baby, o álbum de estreia dessa moça de apenas 20 anos!!! Melanie já participou do The Voice, mas fui conhecer seus talentos graças a American Horror Story, que na temporada passada nos apresentou a Carousel, uma das faixas mais divertidas e macabras da cantora. Seu álbum é impecável, com faixas totalmente interligadas que contam uma história complicada, com assuntos pesados, mas liricamente incrível. Vale muito a pena escutá-lo inteiro justamente por isso, mas recomendo principalmente Dollhouse, Mrs. Potato Head e Mad Hatter (mas sério, vocês deviam mesmo ouvi-lo. Inteirinho. Vinte vezes seguidas).



A dupla nacional que eu mais estou amando ultimamente! Ana e Vitória são duas meninas lá do Tocantis e já lançaram um EP homônimo, o que só nos deu um gostinho do talento das duas. Para quem diz que a música contemporânea nacional está com falhas, pode provar essas músicas e ver como nós ainda temos artistas muito legais por aqui. Como elas divulgaram APENAS SEIS MÚSICAS até agora, é bem fácil ouvir sua discografia, ma recomendo demais Chamego Meu, além da música abaixo.


E aí, já conheciam algum deles? Lembrou de alguém que você também ama e quer que todo mundo ouça junto (sim, sou dessas!)? Comenta aqui a sua indicação e sua opinião sobre as minhas!

Acompanhe o blog nas redes sociais!

Um comentário:

  1. Amo The Weeknd <3 Nao conhecia a Melanie, e olha que sou viciada em American Horror Story :c

    ResponderExcluir

Comente aqui o que achou da postagem. Não seja tímido, pode falar o que vier a cabeça (desde que não seja coisas, você sabe, idiotas, racistas, etc).
Aproveite.