[Resenha] Esperando por Você, de Susane Colasanti


Mais um livro da Susane Colasanti! Após a decepção com Bem mais perto, eu esperava que Esperando por você restaurasse minha expectativa com os livros dela. Será que ela conseguiu?

Marisa é uma adolescente quase como qualquer outra, mas esse ano, ela faz um pacto com a melhor amiga, Sterling, de que tudo será diferente. Afinal, quem nunca começou um novo ano e não falou “Não, esse ano eu vou fazer x e y, vou ser mais z e t”, né? Mas Marisa pelo jeito consegue melhorar sua vida, quando a sua crush de todos os tempos, Derek, começa a se interessar por ela e seu antigo amigo, Nash, volta a falar com ela. Tudo parece perfeito, até que de repente... Não está. Marisa tem o que sempre quis, mas não se sente tão feliz quanto pensou que se sentiria.

“É estranho como se pode viver tão perto de alguém, crescer com ele, sem de fato saber quem ele é. Talvez você o conhecesse, mas agora você e ele são como estranhos. É esquisito como o tempo é capaz de mudar algo que você achou que continuaria para sempre inalterado.” (pág. 17)

Marisa é uma personagem meio difícil de comentar. Ela é típica, mas ao mesmo tempo, tem coisas sobre ela que não encontramos nas protagonistas normalmente. Por exemplo, ela tem um problema de ansiedade sério, o que fez com que, no passado, sua reputação na escola fosse destruída por causa disso. Eu gostei disso, foi diferente, mas não foi muito bem abordado. Eu queria conhecer mais sobre esse lado da protagonista, porque poderia ser um diferencial maior do que foi.

“Normalmente mal posso esperar para saber o que vai acontecer na sequência de uma série, mas não consigo assistir a todos os episódios de uma vez, pois, assim que você assiste, eles, tipo, se vão. Para sempre. Eles nunca mais serão novos e essa primeira vez só acontece uma única vez, e você nunca mais vai ter este sentimento de excitação, de assistir a novos episódios. E isso é uma coisa triste e solitária.” (pág. 69)

Derek é o típico cara popular e, vocês querem saber? Não o achei tão cliché quanto pensei que seria. Claro, ele é popular, mas ao mesmo tempo, tem algumas peculiaridades que o tornam diferente do “popular de sempre”. Mas Nash foi uma surpresa muito boa! Eu meio que tenho uma queda por geeks e, mesmo que Nash não seja 100% isso, ele tem uma personalidade interessante e essa característica só ajuda a achá-lo mais fofo. A amizade e o envolvimento dele com a Marisa foram legais.

“- Eu só quero que tudo volte a ser como era antes – digo.
- Todos nós queremos coisas – ele responde.
- Mas por que a gente não pode voltar ao que era antes?
- Impossível ir a um lugar que não existe mais.” (pág. 100)

Agora, tenho que comentar uma coisa que notei nos livros da Susane: eles normalmente não fogem do lugar-comum mas, ao mesmo tempo, possuem alguns detalhes que o fazem ser levemente diferentes. Esperando por você é bem assim, o que não significa necessariamente algo ruim, porque tenho entre meus favoritos alguns livros que são bem típicos, mas que possuem personagens tão legais que você se sente lendo algo novo (Oi, Lonely Hearts Club, Plan B...). O meu problema com os livros da Susane é que eles nunca conseguem me conquistar pelos personagens dessa forma! Sempre é aquela coisa “Ah, é uma personagem legal, mas não entrava numa lista de personagens memoráveis”, sabe?

“Meu mais recente ataque verborrágico ao mural estava relacionado com o hábito de antecipar as coisas. Aquilo que você espera ansiosamente parece uma maravilha quando o imagina do jeito que espera que aconteça. Mas quando a coisa realmente acontece, é uma frustação tremenda. De que adianta ficar imaginando como será sua vida, quando a realidade é sempre uma decepção?” (pág. 181)

Uma das coisas que também poderia ter sido mais bem contada foram os podcasts que a Marisa ouvia e que a faziam se sentir melhor, principalmente nos tempos mais difíceis, como quando seus pais, que ela via como o “casal 20”, resolvem se separar. Eu esperava mais desses podcasts, pela propaganda que fazem na sinopse, e achei que seria algo menos óbvio, o que me deixou meio chateada.

“É como se fosse uma linha do tempo de nossas vidas paralelas, a maneira como vivemos a experiência das mesmas coisas: uma nostalgia agridoce dos tempos que nunca mais vamos viver novamente. É tudo muito intenso.
Intenso de uma maneira positiva. Pois tenho todas estas lembranças que nunca vou querer deixar para trás. Elas vão se tornar parte de mim, da pessoa em que vou me transformar quando for adulta. E estas mesmas lembranças também pertencem a Nash.” (pág. 228)

Mesmo assim, eu senti uma considerável melhor de Bem mais perto pra esse. Os personagens de EPV são bem mais reais e interessantes. Claro que senti falta de um fundo mais legal, já que tudo se passa numa cidadezinha sem grande importância, mas, mesmo assim, isso me faz torcer para que continue melhorando.

Andei vendo as médias dos livros e, como eu pensava, Esperando por você tem 3.82 contra os 3.63 de Bem mais perto. Pode parecer pouca coisa, mas pra vocês terem uma comparação, o primeiro tem a maior média e o segundo, só a quarta (de sete livros).*

“Se tem algo que aprendi no tempo em que passei com Derek é que os relacionamentos nunca são simples como parecem. E que é difícil mantê-los por um tempo longo. No mínimo, as coisas estão em constante mudança, e você precisa se adaptar a reviravoltas inesperadas. Mas tem uma coisa que todos temos em comum: todos queremos ser felizes. Isso nunca vai mudar.” (pág. 326)

Portanto, estou bem mais animada depois dessa leitura do que depois da primeira. Se você quiser se arriscar, vai fundo, porque é garantia que pelo menos a escrita da Colasanti vai te deixar feliz (e o Nash, claro!).
*segundo o Goodreads.

 3 estrelas - 7,5

Autor(a): Susane Colasanti
Editora: Novo Conceito
Ano: 2009 (original) - 2012 (Brasil)
Páginas: 320 (original) - 336 (Brasil)
Nome original: Waiting For You
Coleção: -

Um comentário:

  1. oi linda! Poxa, eu não tava vendo as postagens do blog, minha pagina de feed tá mostrando post de seis meses, não tá atualizando =/ eu entrei pra deixar de ser seguidora, achando que blog estava inativo, caramba u.u
    /vendo as ultimas postagens haha
    poxa, curti a resenha, apesar de ser um livro simples, eu gosto s2 inclusive personagens com o Nash me agradam muito, fiquei curiosa!
    vou dar uma conferida =3

    um abraço!
    Pan
    http://pansmind.blogspot.com.br
    www.punkystore.com.br

    ResponderExcluir

Comente aqui o que achou da postagem. Não seja tímido, pode falar o que vier a cabeça (desde que não seja coisas, você sabe, idiotas, racistas, etc).
Aproveite.