Top Ten Tuesday: 10 (na verdade 7) livros que eu provavelmente nunca vou ler


Oi, gente, tudo bem com vocês? Como hoje é terça-feira, vocês já sabem o que significa: mais uma listinha de livros! hehehe

O desafio dessa terça é escolher 10 livros que eu provavelmente nunca vou ler. Eu achei isso muito difícil, por vários motivos:
a) é muito difícil eu realmente pensar "nunca lerei esse livro".
b) eu sou uma pessoa muito instável quando se trata de livros, séries, músicas, filmes... Ou seja: muita coisa que eu nunca pensei que ia ouvir, ler ou ver, acaba se tornando meu queridinho.
c) e eu também mudo muito meu gosto e opinião, conforme vão passando os anos. Ou seja, pode ser que daqui a 10 anos eu veja essa lista e me dê conta que li todos esses livros.

Tanto é, que ao tentar fazer essa lista, só consegui os seguintes sete livros (e mesmo escolhendo eles, eu ficava pensando: será mesmo que nunca vou ler?). Ah, e por favor não se sintam ofendidos se algum livro que vocês ames estiver na lista e eu estiver comentado algo negativo, levem no bom humor :)


1) A Cabana, de William P. Young: gente, que preguiça de livros assim eu tenho! Eu sei que eu deveria tentar melhorar isso, mas simplesmente não me vejo lendo esse tipo de livro que mistura auto-ajuda com um não sei o quê de ficção. A não ser que vocês me falem: "Isabella, este livro é o melhor que li na minha vida!" e tenhamos gostos parecidos.

2) Os Lusíadas, de Luís de Camões: Ok, esse aqui foi meio roubado, porque já li alguns capítulos (os mais conhecidos), mas nunca o livro inteiro e na sua linguagem original. Eu acho a história legal e super marcante, massss provavelmente nunca vou ler do seu modo original.

3) Fortaleza Digital, de Dan Brown: sooooooooooooono desse livro e, especialmente, dessa capa. Desculpa, Dan Brown, um dia quem sabe leio outro livro seu. Provavelmente não.

4) Comer, Rezar, Amar, de Elizabeth Gilbert: achei o filme sem sal (e olha que tinha Julia Roberts), então não, zero vontade de ler mais um livro dessa série "vamos misturar auto-ajuda e ficção e ver no que dá."


5) O segredo, de Rhonda Byme: esse é o único livro da lista que eu tenho 100% de certeza que nunca vou ler mesmo. O tanto de marketing fajuto que fizeram na época do lançamento (e de um suposto filme) me dá não só sono, mas medo do que tem escrito nessas páginas.

6) O lado bom da vida, de Matthew Quick: confesso que eu até tinha vontade de ler esse livro massss ouvir tanta gente falando me cansou, e mesmo eu curtindo uns pedaços perdidos do filme que eu vi, não tenho vontade nenhuma de ler esse livro do autor, só os outros (continuo amando a Jennifer e o Bradley, obviamente).

7) Cinquenta tons de cinza, de E. L. James: uma parte de mim ADORA conhecer as coisas só pra poder falar mal delas com propriedade, mas nem assim me vejo lendo essa trilogia. Além disso, não faz meu estilo, não parece ter uma escrita super boa ou algo inovador, então prefiro passar meu tempo fazendo outras coisas mais rentáveis. (não vou mentir, contudo, que adorei os memes que esse livro trouxe. São hilários)

E vocês? Tem algum livros que vocês têm aquela ~sensação~ de que nunca lerão? Um que até mesmo esteja na sua estante? 

Acompanhe o blog nas redes sociais!

0 viajantes:

Postar um comentário

Comente aqui o que achou da postagem. Não seja tímido, pode falar o que vier a cabeça (desde que não seja coisas, você sabe, idiotas, racistas, etc).
Aproveite.